Sente que seu cabelo está muito ressecado e, por mais que você faça hidratação, nada parece adiantar? Pois talvez esteja na hora de recorrer para a umectação capilar.

Embora a hidratação seja uma etapa importante para combater o ressecamento, ela não será suficiente para tratar madeixas sem vida e desidratadas. Por isso, a umectação capilar pode ser a forma ideal de devolver o brilho e força às suas madeixas.

Se você costuma recorrer somente à máscara capilar e se frustra ao perceber que ela não tem sido o bastante para garantir o cabelo dos sonhos, então esse texto é para você.

O que é a umectação capilar?

Tratamento que tem feito sucesso especialmente entre as mulheres com madeixas cacheadas e crespas, que tendem a ser mais ressecadas, a umectação corresponde à fase de nutrição do cronograma capilar.

Como você já deve ter imaginado, umectar significa umedecer. Mas isso não quer dizer que você ficará simplesmente molhando seu cabelo para torná-lo mais hidratado. A umectação capilar deve ser feita através de óleos.

Diz-se que tal técnica surgiu na Índia, e muitas mulheres indianas afirmam que a umectação capilar é a grande responsável por fazer com que suas madeixas cresçam fortes e saudáveis.

Quais são as vantagens dessa técnica?

O procedimento é o responsável por repor os nutrientes que perdemos diariamente por conta de agentes externos como o vento, sol e poluição, além de tratamentos químicos como alisamentos e colorações.

É indicado para quem está com fios extremamente danificados e sente que a hidratação apenas não é suficiente para dar brilho e fortalecer a fibra capilar. Embora grande parte das informações acerca da umectação capilar sejam creditadas ao cabelo cacheado, esta técnica é indicada para todo tipo de cabelo.

A umectação irá selar a fibra capilar e mantê-la hidratada e nutrida por mais tempo. O resultado serão madeixas mais macias, definidas e com mais brilho.

Se você sente que seu cabelo está opaco e sem vida, recorra ao método da umectação capilar para conseguir o cabelo que tanto deseja!

Como fazer a umectação capilar?

Existem duas formas de fazer a umectação capilar. A primeira é aplicar um pouco do óleo escolhido, mecha por mecha. O produto pode ser aplicado até mesmo na raiz, embora deva-se tomar cuidado com o excesso.

Conforme aplicar o óleo, massageie seu couro cabeludo para ativar a circulação sanguínea na área e estimular o crescimento dos fios. Isso é especialmente importante para aquelas que estão passando pela transição capilar e desejam que o cabelo cresça rápido e forte.

A umectação capilar pode ser feita antes de dormir ou durante o dia. Se escolher dormir com o óleo, procure enrolar o cabelo em uma camiseta de algodão e dormir normalmente. O óleo agirá durante a noite, criando uma camada protetora de gordura em volta do fio que manterá a nutrição na fibra capilar.

Se optar por fazer durante o dia, deixe o óleo agir em suas madeixas pelo máximo de tempo possível e, então, enxague o cabelo. Essa é uma forma prática para aquelas que não desejam dormir com o produto no cabelo. Pode-se também usar uma touca para acelerar o tempo de ação do produto.

É importante ressaltar que, diferentemente da hidratação, não é necessário lavar o cabelo antes de realizar a umectação capilar. Isso porque o óleo não penetra no fio e, portanto, a cutícula não necessariamente precisa estar aberta para receber o produto. Ou seja, pode fazer a umectação no cabelo sujo sem problemas.

Qualquer óleo serve para fazer a umectação?

Como você já deve imaginar, a resposta para essa pergunta é não. O óleo utilizado para a umectação capilar deve ser de origem vegetal, ou seja, extraído de plantas. Esses óleos são ricos em triglicerídios.

Muitas pessoas utilizam o azeite de oliva extra virgem, por ser fácil de achar e ter um efeito de umectação impressionante. O óleo de rícino também é outro queridinho, por ser barato, fácil de encontrar e fácil de usar. Ele proporciona maciez e limpeza, além de auxiliar no crescimento saudável dos fios.

O óleo de coco é outro grande eleito para realizar a umectação capilar, porque tem cheiro agradável e possui diversos benefícios que contribuem para a maciez e brilho das madeixas. Esse óleo é rico em Vitamina E e ácidos graxos, que auxiliam na nutrição do cabelo.

O óleo de argan, também conhecido como o “ouro do Marrocos”, estampou manchetes de jornais ao redor do mundo em que se ressaltavam seus benefícios. Esse óleo, queridinho de cabeleireiros, também pode ser utilizado na umectação capilar; possui alto poder de hidratação e ajuda na redução de frizz, além de proteger contra raios UV.

Seja qual for o óleo escolhido, procure realizar a umectação capilar para garantir madeixas lindas e bem hidratadas por mais tempo. A técnica, somada a uma boa hidratação caseira, com certeza fará com que seu cabelo fique nutrido e livre de frizz e pontas ressecadas por mais tempo.

umectação capilar