Cronograma CapilarCuriosidadesMitos e Verdades

Shampoo sem sulfato: 5 mitos e verdades que você deve saber

shampoo sem sulfatoshampoo sem sulfato

O shampoo sem sulfato tem sido visto como a solução para a saúde dos nossos fios. Ainda que você nunca tenha usado essa belezinha, pode ser que já tenha ouvido falar dele. Por vezes, ele pode ser a solução ideal para problemas que nem sabíamos que tínhamos com os nossos fios.

Veja se esse cenário é familiar: você se prepara para fazer uma mega hidratação, faz aquela receita poderosa e super bombada que está todo mundo usando, compra os produtos certinhos para o seu tipo de fio, aplica tudo… e nada.

Então, você começa, claro, a botar a culpa na receita, no produto, no mercúrio retrógrado ou naquela influenciadora que te convenceu a fazer essa loucura toda. Todos culpados. Mas já parou para pensar que a culpada pode ser você?

Calma, vamos explicar direitinho qual o ponto dessa nossa audácia toda. Sabemos que é extremamente frustrante fazer um procedimento como a hidratação e perceber que o resultado praticamente não apareceu.

shampoo sem sulfato
Instagram: @motivatudy

Pode ser sim que você tenha feito tudo certo, mas tenha pecado em um pequeno detalhe: o shampoo que você está usando. Os shampoos disponíveis no mercado geralmente contém sulfato. Essa substância é responsável por promover uma limpeza profunda dos nossos fios. Isso parece bom, certo?

Mas vem conosco nessa analogia: imagina que você está limpando a sua casa e, de repente, ativa um modo super power e começa a se livrar de absolutamente tudo que você vê pela frente. Móveis, cartões, a caixinha do gato, tudo vai embora.

Claro que você vai terminar com uma casa limpa, mas provavelmente terá se livrado de mais do que era preciso. Esses itens irão fazer falta mais para a frente e eram o que completavam a estrutura da sua casa.

É a mesma coisa com a ação dos shampoos que contém sulfato. A limpeza profunda promovida por esse produto acaba por remover a oleosidade natural dos nossos fios, que é uma importante forma de proteção do nosso couro cabeludo.

A ausência dessa oleosidade faz com que nossos fios fiquem mais ressecados e causa a o aparecimento dos indesejados frizz. É pensando nisso que a procura pelo shampoo sem sulfato tem sido cada vez maior, especialmente entre as cacheadas e crespas.

Está pronta para saber tudo o que você precisa sobre o shampoo sem sulfato e entender como esse produto pode ser a solução para os seus problemas capilares?

Pois então, mãos à obra e vamos lá.

O que é sulfato?

É provável que ao ouvir a palavra sulfato, você tenha se lembrado das aulas de química, no tempo de escola. Você já se perguntou por que a química é importante na hora de cuidar dos seus cabelos? O sulfato é um agente detergente de alta potência que está presente em diversos shampoos. Sua forma de atuação é simples: ele abre as cutículas dos fios do cabelo e remove o que estiver lá. Isso significa que ele, de fato, retira a sujeira mas também leva consigo elementos que não deveriam ser removidos, importantes para a hidratação capilar.  Já dá para imaginar o que o sulfato em excesso faz, não é mesmo? 

Imagine que seu cabelo é um festival. O shampoo com sulfato seria como um caminhão pipa que chega no final da festa, jogando água e removendo tudo: sujeira, decoração, equipamentos. Já o shampoo sem sulfato seria como uma equipe de limpeza contratada para remover apenas a sujeira e nada mais.

A técnica em que se utiliza shampoo sem sulfato para a limpeza dos cabelos é chamada de Low Poo. Low é a palavra em inglês para pouco e poo, como você já deve ter adivinhado, é shampoo. Mas calma, não fique confusa. Vamos falar um pouco sobre essa técnica e sobre os mitos e verdades que a envolvem.

o que é transição capilar

Como funciona o Low Poo?

Conforme mencionado, esse método visa diminuir o uso de shampoo. Mas, além disso, ele também busca substituir o produto com sulfato pela versão sem esse componente, menos agressiva aos cabelos, de forma a garantir a limpeza e a hidratação necessárias para nossas madeixas. Existem muitas informações sobre essa técnica na internet, mas como distinguir o que é verdade e o que é mentira? Trazemos aqui uma lista com cinco das afirmações mais comuns quando se trata de Low Poo (e o nível de veracidade delas).

1. Shampoo sem sulfato faz menos espuma

Verdade! Mas não se engane: isso não significa que ele não limpe bem. É comum associarmos a espuma com o nível de limpeza (ou talvez você goste de fazer penteados com seu cabelo cheio de espuma), mas isso está errado. O Lauril Sulfato de Sódio (LSS) é a substância responsável pela espuma em shampoos comuns; e é também a responsável pelo ressecamento, quebra e presença de frizz. Acho que vale a pena ficar sem espuma, né?

shampoo sem sulfato
Instagram: @inoarsouthafrica

2. Esse tipo de produto não limpa bem os cabelos

Mito! Como já vimos, não é que ele não limpe bem os cabelos: ele limpa do jeito certo, sem remover a hidratação e os nutrientes necessários para a proteção de nosso couro cabeludo. Ou seja, cabelos limpos sem que a boa oleosidade seja afetada!

3. Não funciona com cabelos lisos

Mito! Embora essa técnica seja mais indicada para cabelos crespos e cacheados, que são aqueles que mais sofrem com o ressecamento, essa técnica também é indicada para pessoas com outros tipos de cabelo que também sofrem com frizz ou quebra dos fios. Cabelos frágeis, tingidos ou com progressiva também entram na lista dos que podem se beneficiar com o shampoo sem Sulfato.

shampoo sem sulfato
Instagram: @barcode.care

4. Evita a quebra capilar

Verdade! Conforme dito, a técnica Low Poo consiste na utilização de produtos menos agressivos para a saúde dos cabelos. Ao manter as cutículas intactas, tais shampoos contribuem para que os cabelos fiquem mais fortes e saudáveis. Por isso, essa técnica também é indicada para pessoas que sofrem com fios ou couro cabeludo sensíveis.

5. Não é indicado para quem está fazendo o cronograma capilar

Mito! Na verdade, o shampoo sem sulfato é indicado para quem está realizando o cronograma capilar exatamente por auxiliar na recuperação do brilho e hidratação dos cabelos. Antes de aderir à técnica, recomenda-se lavar o cabelo com um shampoo com sulfato (uma última vez, talvez?) para remover toda e qualquer substância indesejada. Então, pode-se começar a seguir o cronograma capilar, tendo o shampoo sem sulfato como seu aliado.

Lembre-se de ler as embalagens dos produtos para verificar a presença do elemento, e não se assuste se não tiver espuma na hora do banho. Como dissemos, a limpeza adequada não está ligada à quantidade de espuma. Então, vale a pena ter menos espuma na hora do banho se isso significar cabelos bonitos e saudáveis, certo?

Procure por produtos de qualidade de acordo com os problemas que te incomodam mais. Quanto maior a qualidade, melhores serão os benefícios, então pesquise e leia os rótulos para garantir que você investirá o seu dinheiro no melhor para seus cabelos! Em vez de gastar rios de dinheiro com hidratações para tentar salvar seu cabelo ressecado, que tal tentar usar um shampoo sem sulfato.

GuardarGuardarGuardar

Carol Candido
the authorCarol Candido
Paulistana vivendo em Lisboa. Tradutora de formação e redatora por paixão. Vivi em uma relação de amor e ódio com seus cabelos durante anos até descobrir a forma certa de cuidar deles. Agora tudo é só amor. Acredito que compartilhar dicas é a melhor forma de aprender.
  • Olá, gostaria que me mandasse umas amostras dos produtos da Yenzah ,para mim experimentar nos meus fios.
    Eu acho as embalagens lindas,as cores são de ótimos gostos.. parabéns.

    • Olá Maria!
      Tudo bem?

      Adoramos saber que você gostou das nossa embalagens. No momento não estamos trabalhando com amostras.

  • Olá,amei esse canal,tem bastante comentários satisfatórios, que são interessantes…rs
    E,, vivendo e aprendendo coisas satisfatórias, conhecimento das coisas que nos fazem bem ou ruim..
    Gostaria de receber umas amostras grátis dos produtos da linha…
    Abraços..bjo

    • Olá, Maria Aparecida.
      Tudo bem?

      Adoramos saber que gostou da matéria. No momento não estamos trabalhando com amostras.

  • >