Afinal, o que é a selagem capilar? A dúvida surge sobre sua finalidade: é uma forma de tratamento ou mais uma opção de alisamento, como a progressiva? Nesse artigo esclareceremos essa questão e ensinaremos como fazer a selagem em casa passo a passo. Confira!

Entenda o que é selagem capilar

A selagem capilar propriamente dita é um tipo de tratamento focado na reconstrução dos fios, repondo queratina e outros nutrientes. Pode ser feita em todos os tipos de cabelo (liso, ondulado, cacheado ou crespo). Consiste em aplicar produtos de reconstrução e queratina liquida nos fios, utilizando a prancha para facilitar a penetração dos ativos e selar as cutículas.

É um procedimento indicado para tratar cabelos danificados por repetidos processos químicos, como alisamentos e tinturas ou pelo uso constante de ferramentas de calor (como chapinha e babyliss). A selagem térmica, nesse sentido, não modifica a estrutura do cabelo, apenas deixa os fios mais saudáveis, o que resulta em mais brilho e maciez, além de reduzir o frizz. Logo, quem não quer perder seus cachos e ondas naturais pode fazer sem medo.

Entretanto, existem vários produtos disponíveis no mercado indicados para selagem que contêm ingredientes capazes de modificar a estrutura dos fios, ou seja, alisar, de forma permanente. Nesse caso, a selagem é um tratada com um tipo de alisamento, ainda que o produto utilizado contenha ativos com propriedades nutritivas e tenha um cheiro mais suave quando comparado à escova progressiva.

Portanto, ao fazer o procedimento em um salão ou procurar um produto, é fundamental explicitar de forma clara qual o resultado desejado, tratamento ou alisamento.

Selagem como reconstrução: tratamento caseiro passo a passo

Para fazer a selagem em casa você precisará dos seguintes produtos e acessórios: shampoo anti resíduos, máscara de reconstrução capilar, queratina líquida, protetor térmico, selador de cutículas capilar ou condicionador, escova, secador e prancha.

  1. Lavar os cabelos com um shampoo anti resíduos, tendo o cuidado de massagear bem o couro cabeludo;
  2. Retirar o excesso de água com uma toalha e usar o secador em temperatura média. O cabelo não precisa ficar totalmente seco.
  3. Misturar a máscara de reconstrução (em quantidade suficiente para o comprimento e volume do cabelo) com a queratina (5 ml para cabelos curtos, 10 ml para médios e 15 ml para longos). Aplique mecha por mecha.
  4. Aplicar um pouco de protetor térmico e secar totalmente o cabelo com o secador (vai ser um pouco demorado, pela presença da máscara).
  5. Passar a chapinha, aproximadamente 5 vezes por mecha.
  6. Esperar até que esfrie e enxaguar o cabelo com água fria, retirando toda a máscara.
  7. Aplicar o selador de cutículas ou condicionador, deixando agir de 10 a 15 minutos.
  8. Enxaguar e finalizar, lembrando de usar o protetor térmico antes do secador e da chapinha. Caso prefira, pode deixar o cabelo secar naturalmente.

O procedimento pode ser feito uma vez por mês ou a cada 15 dias, para cabelos extremamente danificados. Lembre-se de incluir a selagem em seu cronograma capilar.

Selagem como alisamento: diferenciais para progressiva

Como explicamos, a selagem, no sentido de tratamento, não modifica a forma natural do cabelo. Já a escova  progressiva, por sua vez, é um procedimento para quem quer alisar, modificando a estrutura dos fios. Seu efeito dura de 3 a 5 meses e são necessários retoques na raiz para manter a textura uniforme.

Explicando de modo simples, os produtos usados na progressiva abrem as estruturas dos fios, permitindo o realinhamento através da chapinha e formando sobre eles uma espécie de película, que mantêm o efeito liso mesmo após as lavagens. Alguns produtos no mercado utilizam o termo selagem capilar, mas são um tipo de escova progressiva e promovem alisamento duradouro.

Se o objetivo é alisamento, é fundamental entender a composição e a que se propõem o produto em questão, em caso de dúvidas procure um cabeleireiro de sua confiança. A dica é buscar produtos que sejam livres de formol e outras substâncias, como ácido glioxílico. Ideal utilizar apenas produtos registrados na Anvisa como grau 2.

Enfim, a selagem deixa o cabelo liso?

Como vimos, a selagem é um tratamento indicado para fortalecer cabelos danificados e extremamente ressecados, nutrindo profundamente. É preciso atentar pois escovas progressivas utilizam o conceito. O fundamental é analisar cuidadosamente o produto adquirido para certificar-se do objetivo.

selagem capilar