Cronograma CapilarReconstrução Capilar

Reconstrução Capilar: tudo sobre essa etapa do cronograma capilar

reconstrução capilarreconstrução capilar

A reconstrução capilar é um verdadeiro “antídoto” para quem pinta, alisa, escova, troca a cor e retoca a progressiva do cabelo. Não é pouca coisa que os nossos fios aguentam! Mudar o visual, quase sempre engloba procedimentos químicos, que podem até proporcionar um resultado lindo, mas que também cobram um preço alto da saúde das madeixas. Dependendo do dano, só hidratar não basta: é preciso fazer uma reconstrução completa!

Muitas vezes acreditamos que somente uma hidratação será suficiente para cuidar dos cabelos, mas a verdade é que nossa fibra capilar é formada por muitas outras substâncias que são perdidas diariamente e precisam ser repostas.

Se estamos com fome, precisamos que alguém nos dê algo para comer, não um copo de água. Essa é a mesma ideia quando se trata de tratamento capilar. Cada cabelo tem problemas específicos que precisam de soluções específicas.

É preciso analisar o fio a fim de perceber quais são suas principais necessidades e entender qual o tratamento mais adequado. E acredite: muitos fios precisam passar pela reconstrução capilar para recuperar sua força e vitalidade.

A reconstrução quando é convocada para tratar seus fios, mana hahah

Hoje, esse tratamento poderoso pode ser feito em casa, com produtos encontrados facilmente nas farmácias e com a ajuda de uma agenda de cuidados: o cronograma capilar. A reconstrução capilar é a última das três etapas que essa técnica engloba.

Para entender melhor como o cronograma capilar funciona e as maravilhas que a etapa da reconstrução pode fazer pelos seus fios, continue lendo este post.

O que é o cronograma capilar?

Está com saudade de sentir os fios hidratados, saudáveis e com aquele movimento lindo? O cronograma capilar pode devolver tudo isso em apenas 4 semanas! O tratamento funciona como um resgate intensivo para os fios e engloba três etapas:

1. Hidratação: repõe a água perdida naturalmente no dia a dia;

2. Nutrição: devolve os lipídios e uniformiza as cutículas, retendo a hidratação;

3. Reconstrução: repõe a proteína essencial da massa capilar — a famosa queratina.

Durante quatro semanas, as etapas devem ser realizadas a cada 48h, sempre seguindo a ordem hidratação, nutrição e reconstrução — já, já você vai entender o porquê da reconstrução capilar, obrigatoriamente, ficar por último. Durante esse intervalo, você vai conseguir identificar o que seu cabelo mais precisa. O tratamento ao qual ele responder melhor, é o que deve ser o seu foco nos últimos 15 dias de cronograma.

Os resultados do cronograma capilar são fios brilhosos, com menos frizz, macios e saudáveis. Essa técnica é recomendada para todos os tipos e texturas de cabelo — especialmente para as cacheadas e aquelas que não abrem mão da química, no primeiro caso por ajudar a definir a curvatura natural do fio e, no último, pelas agressões que intervenções como tinturas ou escovas progressivas causam à estrutura capilar.

Um cabelo com cronograma capilar em dia é outra coisa!

Por que a reconstrução é a etapa mais delicada do cronograma?

Essa é uma das etapas mais importantes do cronograma capilar, mas deve ser a feita com menor frequência e sempre depois de estar com os cabelos muito bem hidratados e nutridos! Isso porque a reconstrução capilar, como já vimos, é a reposição da queratina, a proteína que dá resistência, força e elasticidade aos fios e, em cabelos muito danificados, a sobrecarga súbita de nutrientes pode causar um efeito rebote bem desagradável: pontas espigadas, cabelos duros e quebradiços.

A estrutura do fio e como a reconstrução age

Para entender melhor, é preciso conhecer a estrutura do fio: ele é formado de água, lipídios e proteínas como, além da queratina, a creatina e a arginina. Essas proteínas “selam” o cabelo, mantendo a massa capilar e a hidratação dentro do fio. As agressões do dia a dia, como vento, poluição, exposição à luz solar, além dos danos químicos causados por tintura, escova progressiva e descoloração, e os danos mecânicos causados pelo uso de babyliss, chapinha e secador, levam os nutrientes do cabelo embora, tornando os cabelos fracos e opacos.

A reconstrução atua como uma “operação tapa buracos”, repondo a queratina e demais proteínas responsáveis por fixá-la ao fio. Com o fio cheio de “buracos” e supersensível, é preciso fortalecê-lo antes de receber esse “choque” de proteínas, hidratando e nutrindo as madeixas, repondo as substâncias básicas primeiro.

reconstrução capilar
Instagram: @pormaisfios_

Mas, afinal, qual a periodicidade da reconstrução capilar?

Para entender qual a periodicidade da reconstrução capilar, precisamos entender melhor exatamente quando ela deve ser feita. Como foi dito, esse é um tratamento mais específico, que é especialmente indicado para pessoas que estão com os fios danificados e fragilizados.

O que faz nossos cabelos perderem as proteínas?

A massa da fibra capilar é perdida constantemente devido à exposição aos chamados agentes externos, que agem de forma negativamente nos nossos fios, tornando-os fragilizados.

Esses agentes externos são, por exemplo, a poluição e a ação dos raios solares, bem como o vento. Além disso, quem usa o secador, chapinha, babyliss e outras ferramentas de calor faz com que essa perda de massa seja ainda mais intensificada.

O mesmo ocorre quando fazemos procedimentos químicos como a coloração, a descoloração, alisamentos, relaxamentos e outros. Apesar de serem procedimentos que fazemos quando queremos deixar nossos fios mais bonitos, eles têm impacto negativo na saúde dos nossos fios, pois contribuem para o seu desgaste e remoção da queratina natural.

Isso resulta em fios porosos, mais fracos e muito sensíveis e, portanto, que necessitam da reconstrução capilar para poder repor as proteínas perdidas, reconstruindo a fibra capilar e tornando os fios mais fortes.

É claro que tudo vai depender do seu fio e ninguém melhor que você para dizer o quanto ele anda precisando de reposição das proteínas, por isso, não existe uma regra.

Quando aplicar a reconstrução?

De forma geral, cabelos saudáveis devem receber a reconstrução a cada 15 dias, apenas para repor a massa capilar perdida diariamente. Já, para os quimicamente tratados a frequência é maior: a cada 8 dias.

reconstrução capilar

Ao contrário da hidratação, ela não deve ser feita com uma frequência muito grande, porque isso pode causar o risco de um efeito rebote, ou seja, tornar o fio muito duro e propenso à quebra.

Dessa forma, analise seus fios para verificar a necessidade da reconstrução e faça testes com produtos diferentes para ver aquele que mais se adequa com o seu tipo de cabelo.

Uma boa solução é fazer o cronograma capilar completo, o que significa dar atenção especial para cada uma de suas etapas, a hidratação, a nutrição e a reconstrução capilar.

Como escolher o produto perfeito para reconstrução?

É geralmente fácil perceber quando o cabelo está precisando de reconstrução capilar. Ele se torna opaco e bastante áspero ao toque. O fato de estar altamente poroso faz com que esse fio se quebre muito mais facilmente.

Todos esses fatores também fazem com que o cabelo que necessita de reconstrução capilar esteja extremamente ressecado. No entanto, se você não tem certeza se esse é o caso do seu cabelo e quer se certificar que a reconstrução capilar é o tratamento ideal antes de investir em produtos, há uma forma de testar a porosidade dos seus fios, por meio do teste de porosidade.

É um teste simples de ser feito. Basta pegar alguns fios de cabelo e colocar em um copo com água filtrada. O copo não precisa estar completamente cheio.

Deixe alguns instantes e observe o comportamento do seu fio dentro do copo de água.

reconstrução capilar
Teste de porosidade

Se o foi estiver boiando, a porosidade dele está baixa, o que significa que você necessita apenas fazer a hidratação capilar.

Se o foi ficou no meio do copo, a porosidade é considerada normal ou mediana. Então, a etapa mais necessária é a nutrição capilar.

Caso o seu fio afunde, a porosidade dele está alta e, então, faz-se necessário focar na reconstrução capilar na hora de montar o seu cronograma.

Qual é produto ideal?

O que importa mesmo em um bom produto para reconstrução capilar são os seus componentes.

Como o objetivo dessa fase do cronograma capilar é a reposição de proteínas, elas não podem faltar! Então, arginina, creatina, cisteína, queratina e colágeno são alguns nomes que devem constar na embalagem do produto escolhido. É claro que cada marca tem sua fórmula própria, que pode conter óleos naturais e outros ativos, mas o importante mesmo é garantir a presença das proteínas responsáveis pela reposição da massa capilar.

Acha que não vai lembrar quais os nomes de tantas proteínas? Então, fica a dica para identificar produtos para essa etapa: os rótulos costumam ter termos como “máscara de reconstrução” ou “máscara repositora”.

Como fazer a reconstrução capilar em casa?

Como você já pôde perceber, a reconstrução é um procedimento que exige alguns cuidados, certo? Mas, não precisa ter medo! Seguindo direitinho as nossas orientações, o resultado tem tudo para ser incrível!

Aprenda agora o passo a passo para fazer a reconstrução capilar em casa:

  • A lavagem abre as cutículas do cabelo para receberem o tratamento. Lave o cabelo duas vezes para tirar todo o resíduo de cosmético dos fios. Se possível, opte por um shampoo antirresíduos, ele cumpre essas duas funções muito bem. Ah! Não aplique o condicionador;
  • Com os cabelos ainda úmidos, aplique a máscara reconstrutora escolhida. Garanta que todo o cabelo receba o produto separando-o em mechas e enluvando uma a uma. Após esse processo, use um pente para espalhar uniformemente o produto no comprimento do fio e espere agir pelo tempo indicado na embalagem;
  • Enxágue com água morna ou fria. É muito importante que você se certifique de que retirou todo o excesso de produto dos fios para evitar acúmulo de cosmético e endurecimento!

Além do cabelo reconstruído, saudável e cheio de vida, a reconstrução capilar tem ainda uma outra vantagem: efeito em longo prazo! Ela repara os danos atuais e protege o seu cabelo de agressões futuras, não é ótimo? Sem falar na vantagem de poder fazer tudo em casa, sem gastar com salão sempre que seus fios precisarem de um help!reconstrução capilar

Tuany Fraga
the authorTuany Fraga
Redatora publicitária e produtora de conteúdo. Depois de 27 anos brigando com os fios, fiz as pazes com os cachos e hoje nos damos muito bem, obrigada! Agora, quero trocar conhecimento, experiência e mostrar que cuidar dos cabelos é bem mais fácil do que você imagina. Vamos juntas?
>