Progressiva

Realinhamento Capilar: tudo sobre esse método de alisamento

realinhamento capilarrealinhamento capilar

Escova progressiva, escova de chocolate, escova de açúcar, escova marroquina e agora, realinhamento capilar. Com certeza você já se deparou com algum desses nomes por aí, principalmente se é uma entre tantas mulheres que buscam tratamentos e procedimentos que sejam realmente eficientes para manter seus cabelos lisos e hidratados ao mesmo tempo.

As técnicas de alisamento existentes atualmente são inúmeras, cada uma utiliza um princípio ativo diferente. No entanto, todas com o objetivo de fazer com que você tenha as madeixas lindas que sempre sonhou.

Realinhamento capilar o que é
Instagram: @camilanunees

Entretanto, cada técnica tem um objetivo especifico. Assim, é comum que haja incerteza e certa confusão na hora de escolher entre um procedimento ou outro. Por isso, ter informações sobre as técnicas é algo realmente relevante. Isso porque tem algumas que usam formol, produto que pode causar alergias e irritações quando usado acima das dosagens permitidas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Neste artigo, vamos te contar melhor sobre o realinhamento capilar, método que alisa os cabelos sem colocar a sua saúde em risco se expondo a produtos químicos. Parece interessante? Então, confira abaixo tudo sobre realinhamento capilar, técnica que não usa formol e vem conquistando cada vez mais adeptas!

O que é realinhamento capilar?

Advertisement

O realinhamento capilar é um tratamento novo que está caindo nas graças da mulherada por ser uma técnica de alisamento que não contém formol . Sim, isso mesmo que você leu: cabelos hidratados, lisos e com alto poder de nutrição sem correr risco de saúde.

Realinhamento capilar como fazer
Antes e depois do processo de realinhamento capilar – @gabriellejbravo
Advertisement

Trata-se, portanto, de  uma técnica que, como o próprio nome diz, alinha e suaviza os fios de cabelo, além de reforçar a camada protetora deles, o que ajuda a prevenir futuras agressões à fibra capilar. Assim, o resultado são cabelos lisos, sedosos e com o volume controlado. Tudo de bom, né?

Quais são os princípios ativos dessa técnica?

Como falamos anteriormente, o realinhamento capilar não usa formol em sua composição, mas então qual é o ativo utilizado? Esse produto tem em sua composição cerca de 20 aminoácidos essenciais que derivam da queratina, proteína que compõe diversas estruturas do corpo e é sintetizada por alguns animais, além de estar presente em uma variedade de alimentos naturais.

Descobriu-se que tais aminoácidos possuem um poder de alisamento que pode durar até três meses na fibra capilar, quando combinado com outros componentes presentes na escova progressiva, com exceção do formol. Então, todos eles se unem para selar as camadas e potencializar o brilho e a hidratação. Bem interessante, né?

Quem pode recorrer ao realinhamento capilar?

Já ficou com vontade de fazer o realinhamento capilar? Então saiba que esse tratamento é democrático, podendo ser feito por qualquer pessoa que queira fios sem frizz, hidratados e com volume controlado.

Embora a promessa seja de cabelos lisos, o realinhamento capilar também pode ser feito por cacheadas ou crespas que querem apenas uma forma eficiente de nutrir sua fibra capilar.

Isso porque o tratamento possui a vantagem de definir a forma de cabelos sem perder o movimento e a naturalidade. No entanto, caso o seu cabelo tenha relaxamento ou progressiva, o efeito será de alisamento.

Portanto, o realinhamento capilar é um tratamento que busca fortalecer a fibra capilar, tornando-a menos suscetível à ação de agentes externos que causam a quebra e o ressecamento. A recuperação do fio promovida por essa técnica é benéfica para todos os tipos de cabelos.

Como é feita essa técnica?

O passo a passo do realinhamento capilar é muito simples e deve ser feito por um profissional de confiança. Vale ressaltar que, dependendo do resultado desejado, algumas etapas podem ser puladas. Por exemplo, caso sua intenção seja apenas hidratar sem alisar, basta não investir no relaxamento pré-alisamento.

Nossa dica: caso você não tenha experiência em fazer procedimentos químicos em casa, não deixe de procurar por um profissional de confiança, ok? É ele quem vai conseguir avaliar se o realinhamento capilar é o melhor tratamento de acordo com os seus objetivos. Além disso, não se esqueça de que o teste de mecha e de toque são essenciais para garantir que o seu cabelo está apto para receber a química e também para identificar possíveis alergias aos produtos que serão utilizados.

realinhamento capilar

Abaixo, segue o passo a passo do realinhamento capilar:

Passo 1: Comece lavando os fios com shampoo antirresíduos. Remova toda a sujeira que pode acabar atrapalhando a absorção do produto;

Passo 2: Dessa forma, aplique o produto do realinhamento capilar no cabelo limpo e seco, mecha por mecha;

Passo 3: Aguarde entre 20 a 40 minutos, dependendo de quão saudável esteja o cabelo. Enxague e, em seguida, finalize com a ajuda do secador e da chapinha para selar os fios.

Como cuidar dos cabelos após fazer o realinhamento capilar?

Sabe aquela sensação de sair do salão de beleza com a progressiva feita e ter que esperar cerca de dois ou três dias para poder lavar o cabelo ou até mesmo prendê-lo? Pode esquecer! Logo após o realinhamento capilar já é possível prender o cabelo sem correr qualquer risco de que o tratamento seja prejudicado.

Como sabemos, qualquer tratamento capilar tem seu resultado potencializado pelos cuidados pós-tratamento e com o realinhamento capilar não é diferente. O efeito do realinhamento capilar dura cerca de três meses, mas para prolongar sua duração é recomendado redobrar os cuidados em casa em relação à hidratação dos fios. Se você é adepta das receitinhas caseiras, existe uma infinidade delas para a hidratação dos fios, que são fáceis, práticas e feitas com produtos naturais e muito poderosos.

Essa etapa da hidratação é fundamental, já que repõe a água que é perdida pelos fios todos os dias devido a diversos fatores, como exposição solar, poluição, procedimentos químicos, uso frequente da chapinha e do secador, água do mar e da piscina, entre outros.

Também é importante utilizar produtos específicos para cabelos quimicamente tratados, pois são eles que vão conseguir suprir no dia a dia as necessidades dos seus fios Vale dizer ainda que como o realinhamento capilar não utiliza formol, l, é possível realizar outros tratamentos químicos, como a coloração, sem se preocupar em danificar ou até mesmo quebrar os cabelos.

Aminoácidos x formol: quem leva vantagem?

Conforme  falamos antes, a ANVISA proíbe o uso de altas concentrações de formol em produtos capilares. A quantidade permitida pela agência reguladora é de 0,2%. Entretanto, a concentração do produto em algumas escovas progressivas disponíveis no mercado chega a ser de até 37%. De assustar, né?

Ao comparar o realinhamento capilar com a principal técnica de alisamento conhecida, a escova progressiva, é possível ver as vantagens do primeiro sobre a segunda. Isso porque ele é menos agressivo do que a progressiva, que pode causar a quebra do fio de cabelo.

O realinhamento capilar ajuda na reconstrução dos fios, além de fortalecer, dar brilho e hidratar o cabelo. Pense nessa técnica como um tratamento que irá alisar o cabelo e, ao mesmo tempo, promover sua nutrição, deixando-os macios e brilhantes

Realinhamento capilar antes e depois
A escova progressiva, apesar do efeito liso duradouro e bonito, é mais agressiva – @samuk_hairmakeup

Entretanto, é preciso ficar atenta ao produto utilizado no realinhamento capilar, ok? Alguns desses produtos podem conter uma substância chamada gluteraldeído , que é da mesma família que o formol e pode trazer prejuízos para os fios.

Para se ter uma ideia melhor, essa substância impermeabiliza o fio, deixando-o rígido e liso. No entanto, acaba impedindo a ação de produtos hidratantes e vitaminas, o que causa seu ressecamento. Por isso, não se esqueça sempre de ler o rótulo. Fique atenta a composição dos produtos e sempre realize esse e outros procedimentos capilares com profissionais de confiança, ok?

Será que devo fazer o realinhamento capilar?

Responder se você deve ou não fazer o realinhamento capilar é uma tarefa difícil, mas sabemos que depois de ler este artigo provavelmente surgiu uma vontade de experimentar esse procedimento, né? Como o objetivo do realinhamento capilar é o fortalecimento dos fios e consequentemente o combate as pontas duplas, a redução de volume e a diminuição do frizz, esse tipo de tratamento deve ser uma opção a ser considerada caso você esteja em busca desse tipo de resultado.

Outra grande vantagem do realinhamento capilar em relação a outros procedimentos é que ele é menos agressivo, então se você estiver se sentindo um pouco insegura em relação a colocar química no cabelo, esse tipo de procedimento também pode ser uma excelente opção.

Nossa dica é só não deixar de fazer o realinhamento capilar com um profissional de confiança, tá? O resultado será fios hidratados, maleáveis, sem frizz, fáceis de pentear, com volume reduzido e muito brilho!

Advertisement
Advertisement
Tuany Fraga
the authorTuany Fraga
Redatora publicitária e produtora de conteúdo. Depois de 27 anos brigando com os fios, fiz as pazes com os cachos e hoje nos damos muito bem, obrigada! Agora, quero trocar conhecimento, experiência e mostrar que cuidar dos cabelos é bem mais fácil do que você imagina. Vamos juntas?
  • >