Em busca do sonho de obter madeixas lisas, muitas mulheres submetem-se a diversos tratamentos. Dentre os vários métodos para alisamento, o mais famoso é a escova progressiva. No entanto, esse tratamento pode ser acompanhado de algumas preocupações, por exemplo, como se livrar das pontas ressecadas depois da progressiva.

Embora a progressiva seja a solução ideal para quem quer deixar os fios mais lisos e se tornar menos dependente de secador e chapinha, a química presente no tratamento pode causar o ressecamento das pontas do cabelo, causando o efeito espigado.

Se esse é o seu caso, não precisa se preocupar, porque há uma resposta para esse problema. Ou melhor, respostas, e elas não são tão difíceis assim. Vamos ver?

Por que fico com as pontas ressecadas depois da progressiva?

Antes de saber como combater esse problema, é importante entender porque as pontas ficam ressecadas depois da progressiva. O cabelo liso tende a ser naturalmente mais oleoso do que o cabelo crespo ou cacheado.

Ao realizar o tratamento, forma-se uma espécie de capa de proteção em torno do fio, que ajuda a manter os produtos responsáveis pelo efeito liso em seu interior. No entanto, essa capa impede que a oleosidade natural do couro cabeludo penetre no fio, fazendo com que ela se acumule na região da raiz.

Em contrapartida, as pontas do cabelo tendem a ficarem mais secas por conta da composição química da escova progressiva, que altera a disposição da queratina na estrutura dos fios.

Independente de qual seja seu tipo de cabelo, as pontas do cabelo geralmente necessitam de um tipo de tratamento diferente daquele dispensado à raiz. No caso de quem faz progressiva, deve-se dedicar atenção extra à essa parte se suas madeixas.

Como posso recuperar meus fios?

Você já deve saber que a chave para manter o cabelo bonito e saudável é a hidratação. Essa palavrinha mágica está presente em praticamente todo texto sobre saúde capilar, e deveria estar em letras garrafais nos textos que falam sobre a vitalidade de cabelos quimicamente tratados.

Mas cuidar do seu cabelo vai muito além de comprar aquela máscara de hidratação da moda. Você precisa entender quais são as necessidades dele, a fim de fornecer os nutrientes necessários para mantê-lo sempre forte e brilhoso.

Alguns cuidados diários são suficientes para que suas madeixas fiquem sempre saudáveis e hidratadas. Além disso, essa atenção extra ao seu cabelo garantirá que você se livre das pontas ressecadas depois da progressiva, além de ser um auxílio para manter o tratamento por mais tempo. Mas quais são esses cuidados?

1. Use produtos adequados para cabelos quimicamente tratados

Usar os produtos certos para seu tipo de cabelo é importante para garantir que você fornecerá todos os nutrientes essenciais para vitalidade. Quando você faz um tratamento químico nas suas madeixas, elas se tornam carentes de alguns elementos importantes para a saúde delas e, por mais que você ouça falar bem daquele super produto novo que lançaram, não adianta compra-lo se ele não fornecer o que seu cabelo precisa.

Por exemplo: imagine que seu cabelo seja uma pessoa com sede. Por mais apetitoso que aquele milkshake possa parecer, ele irá continuar com o mesmo problema, e somente a água poderá ajudar a matar sua sede.

Os produtos para cabelos quimicamente tratados são desenvolvidos especialmente para fornecer os nutrientes que sua fibra capilar carece.

2. Faça o cronograma capilar

O cronograma capilar é uma rotina de tratamentos composta pela hidratação, nutrição e reconstrução capilar, que deve ser realizado durante um período de quatro semanas.

Essa rotina foi pensada com o objetivo de repor a massa capilar e os nutrientes que perdemos naturalmente em nosso dia a dia, por conta de agentes externos como sol, água quente, poluição, vento, secador e chapinha. Ao seguir o cronograma, repõe-se a água e a oleosidade natural da fibra capilar, fortalecendo-a e hidratando-a.

Pode-se focar em uma etapa em específico do cronograma de acordo com a intenção principal. Algumas pessoas têm como maior objetivo a nutrição, enquanto outras focam na reconstrução ou na hidratação.

3. Óleo para nutrição

Se você franziu a testa ao ler a palavra óleo, então repense sua opinião sobre o produto. O uso de óleos específicos para cabelos ressecados é um importante aliado para tratar o ressecamento, além de proteger o fio contra as agressões diárias.

A principal dica em relação aos óleos, em se tratando de cabelos alisados, é aplica-lo somente nas pontas e não aplicar o produto em excesso, para não correr o risco de deixar o fio oleoso.

4. Corte as pontas mais prejudicadas

Caso você seja adepta da técnica de não cortar nunca o cabelo com a intenção de deixa-lo crescer o máximo possível, saiba que cortar a pontas ressecadas depois da progressiva é importante para manter o cabelo hidratado e nutrido.

Isso porque, caso contrário, os nutrientes tendem a migrar rumo às pontas do seu cabelo, em uma tentativa de recuperá-las, fazendo com que todo o resto do fio também se torne carente de nutrição e comece a apresentar sinais de ressecamento.

Agora que você já se informou sobre as melhores formas de tratar as pontas ressecadas depois da progressiva, que tal ler um pouco mais sobre como identificar e tratar o cabelo elástico?

 

pontas ressecadas