Cronograma CapilarNutrição Capilar

Nutrição Capilar: saiba tudo sobre essa etapa do cronograma capilar

nutrição capilarnutrição capilar

A nutrição capilar faz parte do cronograma capilar e é essencial para manter os cabelos saudáveis e bonitos. Esse procedimento pode ser feito em casa de forma prática e fácil, e é recomendado para todos os tipos de cabelo.

Nossos fios necessitam de cuidados específicos para garantir que recebam tudo aquilo que fará com que fiquem mais fortes e brilhantes. Ainda que a hidratação seja o tratamento mais conhecido para quem deseja cuidar dos cabelos, essa não é a única forma de tratamento indicada.

O cronograma capilar, por exemplo, alterna três tratamentos, sendo eles a hidratação, a nutrição e a reconstrução capilar. Alguns desses são mais recomendados para tipos específicos de fios. A nutrição é especialmente importante para cabelos cacheados e crespos, mas pode ser feita por todos os tipos de cabelo.

Esse tratamento muitas vezes envolve o uso de óleos capilares e, por isso, é muito comum que pessoas com cabelos oleosos acreditem que não devam fazê-lo, mas esse pensamento está errado.

Como a galera que tem cabelo oleoso acha que vai ficar

Mesmo os cabelos oleosos necessitam de reposição da oleosidade natural dos fios. A nutrição capilar pode ajudar a equilibrar a oleosidade. É claro que devemos tomar cuidados extras nesse caso, mas é sempre importante ressaltar que qualquer tipo de fio necessita dessa etapa do cronograma capilar para ficar saudável.

E por que isso acontece? Nossos cabelos perdem nutrientes todos os dias, por mais saudáveis que eles estejam. A exposição à ação solar, ao vento e à poluição são agressivos aos nossos fios.

Quando fazemos procedimentos como coloração ou alisamentos, essa perda de nutrientes é acelerada e, por isso, os tratamentos capilares se tornam ainda mais necessários para repor a água, a oleosidade e a massa capilar que dão movimento, força e brilho para os fios.

nutrição capilar
Instagram: @tondreannaesquilin

Portanto, cada um dos tratamentos irá focar em reparar um dano específico, fazendo com que nossas madeixas fiquem lindas. Por isso, vamos entender melhor como funciona a nutrição capilar e por que absolutamente todo mundo deve fazê-la.

Para saber como as influenciadoras conseguem resultados de salão em casa e gastando pouco, entender quais produtos você deve comprar e desvendar todos os segredos da nutrição capilar, basta ler esse artigo.

A importância da nutrição no cronograma capilar

O  cronograma capilar se divide em três etapas: hidratação, nutrição e reconstrução. Durante 4 semanas, a cada 48h, você vai fazer uma etapa. Nos primeiros 15 dias você vai conseguir perceber qual a real necessidade dos seus fios para, nas semanas seguintes, dar foco total ao tratamento certo.

Saiba mais: Hidratação, nutrição ou reconstrução: qual etapa do cronograma capilar você precisa focar? [QUIZ]

Embora contenha as mesmas etapas para todo mundo, o cronograma capilar pode ter focos diferentes, uma vez que cada fio tem uma necessidade específica. A hidratação é o processo que devolve a umidade natural dos fios; a nutrição repõe os óleos naturais e lipídios, enquanto a reconstrução foca na reparação de queratina e outras proteínas. O tratamento ao qual o seu cabelo responder melhor é aquele que precisa ser repetido mais vezes. Caso você sinta que o seu cabelo adorou a etapa de nutrição capilar, confira a nossa sugestão de cronograma:

nutrição capilar

Tabela de cronograma capilar focada na etapa de nutrição capilar

Os benefícios da nutrição capilar para as nossas madeixas são inúmeros, e é por meio dela que podemos combater aquela duplinha tão indesejada para a beleza dos cabelos: pontas duplas e frizz.

No cronograma capilar a ordem das etapas é lei! Cada etapa serve de base para a seguinte e não segui-las, especialmente quando o assunto é reconstrução, pode causar um efeito rebote nada legal: cabelos duros, opacos e quebradiços. Por isso, nada de pular etapas: siga todas elas corretamente para ter um bom resultado final!

O que é nutrição capilar e o que ela faz pelo cabelo

Pode ser que você não saiba ao certo o que é a nutrição capilar e porque ela é tão importante para repor os nutrientes perdidos diariamente pelos nossos cabelos. Ela é a responsável por cabelos saudáveis, brilhantes e macios.

A exposição aos agentes externos como raios solares, vento, poluição e também a ação de procedimentos químicos como colorações, relaxamentos e alisamentos agem de forma negativamente na saúde dos nossos fios.

O uso de ferramentas de calor como o secador, chapinha e babyliss também causam impacto negativo, danificando a estrutura dos fios e tornando-os frágeis.

Para manter os fios fortes e saudáveis, fazemos uma série de tratamentos, com o mais famoso sendo a hidratação. No entanto, ela não é a única forma de cuidar dos fios.

antes e depois da nutrição capilar
Antes e depois da nutrição capilar – @beautyblog

Todo cabelo tem uma camada de “gordura” protetora dos fios, rica em lipídios, necessária para que a hidratação seja retida no interior do fio e também por proteger a queratina — proteína que dá força, brilho e elasticidade ao cabelo. É essa camada protetora que é restaurada na nutrição capilar.

Resumindo: a nutrição devolve ao cabelo os óleos essenciais para fazer com que as duas outras etapas do cronograma capilar funcionem bem.

Só hidratar não basta, a água precisa ficar no fio. Quem a mantém lá? A nutrição! A queratina precisa ser aplicada em cabelos que consigam “segurá-la” no fio. Quem fortalece-os anteriormente, preparando os fios para essa aplicação, é a nutrição capilar.

Benefícios da nutrição

Os benefícios desse tratamento são cabelos macios e com brilho, deixando-os muito mais sedosos ao toque e facilitando o processo de pentear e desembaraçar.

Além disso, ela também ajuda a controlar o frizz e o volume, já que as cutículas são alinhadas e seladas, impedindo a formação desses cabelinhos arrepiadinhos que tanto atrapalham o nosso visual.

A nutrição também ajuda a manter a hidratação e a reconstrução capilar por mais tempo na nossa fibra capilar, exatamente porque a camada protetora que envolve o fio cria uma espécie de barreira que mantém a água e as proteínas ali dentro dos fios.

E, por fim, ela também irá ajudar a eliminar as pontas duplas, já que protege os fios contra o enfraquecimento da fibra, responsável pelo surgimento dessas indesejadas pontas separadinhas.

nutrição capilar
Instagram: @lillischaub_

Deu para ver que a nutrição capilar apresenta uma série de vantagens, certo? Mas, se você tem cabelo oleoso, com certeza está pensando que esse tratamento não é para você. Vamos entender por que você pode sim fazer a nutrição capilar sem problemas?

Nutrição capilar x cabelos oleosos

É só falar em “gordura” que quem tem cabelos oleosos já logo descarta o tratamento! Mas, a oleosidade da raiz e dos fios são coisas diferentes.  Realmente, aplicar no couro cabeludo que já é oleoso produtos que estimulam a oleosidade pode não ser uma boa ideia, mas ao longo do fio esse cuidado precisa ser tomado.

Como qualquer outro tipo de cabelo, os oleosos também perdem elementos primordiais dos fios que precisam ser repostos para recuperar a vitalidade das madeixas. Por isso, as máscaras devem sempre ser utilizadas no comprimento do cabelo e com uma atenção especial às pontas.

A principal diferença quando se trata dos cabelos oleosos é a necessidade de aplicar menos produtos e com uma frequência menor. Então, ao invés de simplesmente pular a etapa de nutrição capilar, as donas de madeixas oleosas devem fazê-la com mais cautela.

Escolhendo o produto certo para a nutrição

Graças à popularização dos cabelos cacheados e da transição capilar, as prateleiras estão repletas de bons produtos para que você realize a nutrição capilar em casa, economizando tempo e dinheiro — afinal, não é sempre que se pode correr para o salão para dar aquele up nas madeixas, não é mesmo?

Como vimos, a nutrição é a etapa onde serão repostos os lipídios do cabelo, que constituem a camada de gordura protetora dos fios. Por isso, ao escolher um produto para essa etapa, fique atenta à embalagem: palavras como “butter” ou “oil” devem estar presentes para caracterizar um produto específico para a nutrição.

Quanto aos componentes, os mais comuns são o óleo de coco (coconut oil), manteiga de karité (shea butter), óleo de argan (argania spinosa oil), manteiga de cacau (theobroma cacao butter), óleo de oliva (olive oil) e manteiga de macadâmia.

A periodicidade da nutrição capilar

Como você já pôde perceber, cada cabelo tem suas particularidades e a etapa da nutrição precisa respeitar as necessidades de cada fio, por isso é difícil determinar o tempo exato entre uma aplicação e outra.

De maneira geral, cabelos saudáveis podem ser nutridos uma vez a cada 15 dias, mas se você tem cabelos cacheados, crespos ou que sofram alguma alteração química com frequência, a nutrição capilar pode ser feita até duas vezes por semana.

Isso porque, no caso dos cachos, a oleosidade natural do couro cabeludo não consegue “escorregar” pelos fios, deixando-os ressecados e com frizz; enquanto na química, o cabelo é “forçado” a abrir as cutículas para proporcionar o efeito do tratamento, o que também resulta em fios fracos e opacos.

Como fazer a nutrição capilar em casa

Agora que você já está por dentro de tudo que envolve a nutrição capilar, vamos ao que interessa: como fazer a nutrição capilar em casa e conseguir aquele resultado incrível de quem acabou de sair do cabeleireiro. Conheça o passo a passo:

nutrição capilar

  • Lave bem os cabelos. O shampoo é importante para abrir as cutículas dos fios para que eles recebam os nutrientes. Enxágue bem;
  • Com uma toalha, “amasse” o cabelo para retirar o excesso de água;
  • Separe o cabelo em 4 mechas e aplique uma quantidade generosa da máscara escolhida em cada uma delas. Cuidado para não aplicar o produto diretamente na raiz;
  • Aguarde o tempo de ação do produto. Verifique na embalagem o tempo exato de descanso, siga as instruções do fabricante e, em seguida, enxágue bem;
  • Condicione. O condicionador deve ser o último passo da etapa da nutrição, uma vez que vai fechar as cutículas do cabelo e manter os elementos na fibra capilar.

Viu como dá para manter os cabelos nutridos e saudáveis em casa? Seguindo essas dicas, com certeza, você vai perceber o resultado da nutrição capilar no espelho: madeixas saudáveis, sem frizz e volume sob controle, com um movimento lindo e muito menos pontas duplas ou ressecadas.

Então agora acho que já ficou claro que a nutrição capilar serve para todos os tipos de fios e é extremamente importante para a saúde das suas madeixas, certo? Continuando a aprender sobre o cronograma capilar, que tal ler um pouco sobre como turbinar essa importante etapa com   a umectação capilar? Veja como fazer!

Tuany Fraga
the authorTuany Fraga
Redatora publicitária e produtora de conteúdo. Depois de 27 anos brigando com os fios, fiz as pazes com os cachos e hoje nos damos muito bem, obrigada! Agora, quero trocar conhecimento, experiência e mostrar que cuidar dos cabelos é bem mais fácil do que você imagina. Vamos juntas?
>