Querendo mudar a cor do cabelo? Confira 5 mitos e verdades sobre essa mudança

Querendo mudar a cor do cabelo? Confira 5 mitos e verdades sobre essa mudança

Quando temos o visual por muito tempo, é comum nos cansarmos e pensarmos em uma forma de inovar. Há quem recorra aos alisamentos ou ao permanente, há quem decida por um corte. No entanto, mudar a cor do cabelo ainda é uma das formas mais comuns de modificar a aparência.

Seja apenas algumas mechas ou luzes ou a coloração completa, mudar a cor do cabelo é sempre uma boa maneira de conseguir um visual moderno. Mas essa mudança exige alguns cuidados a fim de garantir que a cor permaneça linda e viva por mais tempo.

É comum ter dúvidas sobre a aventura de mudar a cor do cabelo, seja você uma marinheira de primeira viagem ou alguém mais experiente.

O que é mito e o que verdade na hora de mudar a cor do cabelo?

A internet pode ser uma aliada na hora de solucionar dúvidas, mas também pode ser uma grande vilã devido à quantidade de informações erradas que podem ser encontradas nela.

Além disso, há muitas crenças populares a respeito da coloração capilar que passam de pessoa para pessoa. É comum acharmos que a maioria dessas sabedorias são verdadeiras, mas isso nem sempre acontece.

Apresentaremos aqui 5 mitos e verdades para que você saiba no que pode confiar na hora de mudar a cor do cabelo.

  • A coloração é um processo agressivo aos fios

Verdade. Infelizmente, qualquer processo químico é agressivo para os cabelos, pois agem de forma a alterar a estrutura dos fios. Nesse processo, as escamas se abrem, deixando escapar nutrientes e proteínas essenciais para a saúde das madeixas.

Por isso, recomenda-se sempre fazer tratamentos tanto antes quanto depois de mudar a cor do cabelo, de forma a fazer com que suas madeixas estejam fortes o suficiente para passar pelo processo de coloração sem serem muito agredidas.

Um dos tratamentos mais recomendados é o cronograma capilar, rotina de cuidados que visa nutrir, hidratar e reconstruir os fios, preparando-o para receber a tintura e fazendo com que, após a mudança de cor, seus fios se mantenham saudáveis por mais tempo.

  • Deixar o produto por mais tempo faz a cor ficar mais intensa

Mito. É importante ressaltar que as recomendações das embalagens existem para serem seguidas. Cada produto foi testado diversas vezes a fim de obter o tempo de ação ideal e instruções das melhores formas de utilizá-los.

A coloração deve ser deixada nos fios de acordo com o tempo indicado na caixinha, nada a mais ou nada a menos. O resultado de deixar a tinta por mais tempo será o cabelo manchado e mais quebradiço.

Siga sempre as instruções expressar no manual.

mudar a cor do cabelo

  • Fios virgens pegam a tinta mais facilmente

Verdade. Há um ditado dos cabeleireiros que diz que “tinta não clareia tinta”. Isso significa dizer que para mudar a cor do cabelo, primeiro é necessário remover os resquícios da tinta anterior que lá estão.

Cabelos virgens não possuem pigmentações anteriores em sua estrutura e, dessa forma, a tinta tende a aderir aos fios com maior facilidade. Isso não significa, no entanto, que os resultados não serão bons em pessoas que já submeteram as madeixas ao processo de coloração anteriormente.

É necessário fazer um processo como a decapagem para retirar os pigmentos da tinta anterior.

  • Para platinar os cabelos, basta descolorir

Mito. O papel de produtos descolorantes é de fato clarear a cor dos cabelos, mas esse produto não deve ser usado sozinho. Isso porque, ao clarear a cor das madeixas, o descolorante costuma deixar um tom alaranjado que é diferente do loiro claro desejado pelas platinadas.

Por isso, além de descolorir o cabelo, é importante também escolher a coloração adequada que, por meio de suas propriedades neutralizantes, irá minimizar o aspecto alaranjado do descolorante, fazendo com que suas madeixas tenham o tom desejado.

  • Tonalizantes são mais suaves do que colorações permanentes

Verdade. O tonalizante não tem, em sua fórmula, um componente que recebe o nome de amônia. Essa substância é mais agressiva aos fios, fazendo com que a coloração permanente deixe os fios com aspecto mais ressecado.

Além disso, a concentração de água oxigenada nesses produtos é muito menor. Os tonalizantes, no entanto, promovem uma mudança mais sutil, exatamente pela ausência desses componentes.

Por isso, a depender do efeito desejado, deve-se optar pelas tinturas permanentes. Mas independente de utilizar as tinturas ou tonalizantes, é importante cuidar da saúde dos fios para que a coloração seja o menos agressiva possível.

Gostamos de passar por transformações e uma mudança de visual é sempre uma forma interessante de aumentar a auto estima. Há muitas informações erradas acerca do processo de coloração e, por isso, é essencial pesquisar e se informar sobre suas principais dúvidas.

Cuidar das madeixas é importante não somente para quem quer mudar a cor do cabelo, mas para todo mundo que deseja cabelos bonitos e saudáveis. Considere acrescentar produtos como o óleo de coco na sua rotina de hidratação e veja o poder que esse ativo tem para deixar nossas madeixas brilhantes e lindas.


Avatar

Carol Candido

Paulistana vivendo em Lisboa. Tradutora de formação e redatora por paixão. Vivi em uma relação de amor e ódio com seus cabelos durante anos até descobrir a forma certa de cuidar deles. Agora tudo é só amor. Acredito que compartilhar dicas é a melhor forma de aprender.

Deixe seu comentário

Olá! Seja bem vindo(a)!Que tal ficar por dentro das novidades do universo de cabelos?

MISTO, OLEOSO, SECO OU NORMAL?

Faça o QUIZ e descubra o seu tipo de cabelo!

Descubra