Guia completo para as loiras: cuidados pós-descoloração, manutenção da cor e produtos especiais

Guia completo para as loiras: cuidados pós-descoloração, manutenção da cor e produtos especiais

Um cabelo loiro bem cuidado chama atenção por onde passa! Pode perceber, seja a moda a textura cacheada ou lisa, lá estão as loiras brilhando com os fios clarinhos. Mas, quem já é, sabe que manter os fios dourados dá um pouco mais de trabalho e, se você está pensando em adotar o tom, é bom já se acostumar com alguns termos como máscara matizadora, reconstrução dos fios…

Mas, nada de pânico! A gente está aqui para te ajudar a conquistar o loiro dos sonhos. E, como a gente sabe que tem muita informação desencontrada por aí, resolvemos elaborar este guia definitivo para loiras, tanto as atuais quanto as que em breve entrarão pro time das platinadas! 

Aqui, reunimos tudo que você precisa saber sobre o cuidado com os fios e também fizemos uma curadoria com os nossos textos específicos sobre o assunto, então, pode ficar tranquila que esse artigo vai tirar todas as suas dúvidas!

Pronta para começar? Já coloca esta aba na sua guia de favoritos que você vai ver como esse texto é um verdadeiro “Manual para Loiras”.

Aqui estão os assuntos que você vai encontrar:

O que você precisa saber antes de ficar loira:

  • Luzes, coloração, ombre hair… como escolher o tom certo?
  • Precisamos falar sobre: descoloração
  • As vantagens e as desvantagens do cabelo loiro
  • Estraga mesmo? Como fica a saúde dos fios

Já está platinada? Saiba como cuidar do cabelo loiro:

  • Matizadores: guarde esse nome
  • Hidratação no dia a dia
  • A tesoura também é sua amiga
  • Proteção térmica sempre!
  • Praia e piscina? Não antes dessas dicas
  • Saiba tudo sobre reconstrução

FAQ das loiras: as dúvidas mais comuns

  • Cabelo esverdeado: pode acontecer com você!
  • Ficar loira em casa: e aí, pode ou não pode?
  • Não chegou no tom que queria? Entenda aqui
  • Dá para clarear usando uma tinta mais clara?
  • Fios caindo após a descoloração? Saiba o que fazer
  • Alaranjado: como evitar e o que fazer se o seu cabelo chegar neste tom
  • Quantos tons é possível clarear apenas com tinta?
  • Vou ter muito trabalho para manter a cor?
  • Progressiva: antes ou depois da descoloração?
  • Pintei em casa e ficou manchado. O que fazer?

Então, vamos lá!

O que você precisa saber antes de ficar loira

A gente sabe que quando a vontade de mudar bate, é difícil segurar a empolgação. Mas, se ter um cabelo bonito, sem manchas e saudável também está nos seus planos, é bom se preparar melhor para encarar a nova cor. A descoloração é um processo agressivo para os fios e garantir a saúde prévia deles é essencial para um bom resultado. Mas, você já vai entender melhor essa história.

Luzes, coloração, ombré hair… como escolher o tom certo?

Hoje em dia, o loiro é democrático e está presente em tons que vão bem com todo tipo de pele e tom natural dos fios. Algumas técnicas como o ombré hair ajudam aquelas que não querem clarear os fios de uma só vez, optando por uma solução não muito drástica, dando atenção às pontas.

loira manteiga
Loiro Manteiga – @hairbyolya

Ele ganhou uma “versão 2.0”, uma técnica chamada sunny blond, que respeita a cor da raiz e começa um clareamento gradual uns três dedos abaixo dela. Essas duas opções são ótimas para quem não tem tanta disponibilidade de manter ― por não descolorir a raiz, o processo é menos agressivo.

Agora, se você tem os fios naturalmente mais clarinhos (ou está disposta a encarar a descoloração total, que também vai exigir mais investimento em cuidados), talvez a cobertura total e uniforme em tons mais claros seja uma boa pedida.

Assim como a opção acima, o chamado loiro-manteiga, diferente do anterior, é composto por uma camada uniforme construída sobre um mix de tons diferentes, que conferem um ar natural e um efeito antiage instantâneo!

Então, você precisa se atentar a uma coisa ao decidir qual o tom perfeito para você: o quanto você está disposta a cuidar. Quanto mais descoloridos e cobertos estiverem os fios, mais cuidados você precisa tomar para mantê-los bonitos.

Precisamos falar sobre: descoloração

Não tem como negar: ela é agressiva. Isso porque a combinação água oxigenada + pó descolorante forçam a abertura das escamas que protegem o cabelo para atingir o córtex do fio, que é onde está a melanina ― responsável pela cor natural do cabelo. O problema é que no córtex também se encontram propriedades importantes para a saúde dos fios, como a queratina.

A ausência dessa proteína deixa os fios fracos, emborrachados e com aquele aspecto seco indesejado. Neste post a gente te conta 5 mitos e verdades que envolvem a queratina. Vale a leitura para quem está pensando em descolorir os fios, hein! 

As vantagens e desvantagens de ser loira

Entre as vantagens, não dá pra deixar de citar a autoestima, né? Quem encara a mudança e consegue o tom e a saúde que deseja para os fios, com certeza, fica com a autoestima nas nuvens. 

Agora, quer uma vantagem mais prática? A frequência de lavagens diminui muito! Então, se você morre de preguiça de acordar cedinho para lavar as madeixas antes de sair de casa, pode comemorar uns minutinhos a mais na cama!

Mas, a gente também precisa mandar aquele papo sincerão e te contar as desvantagens do mundo das loiras: você vai gastar mais com produtos, vai colocar alguns cuidados a mais na rotina e vai ter que aprender a lidar com o seu cabelo mais fraquinho por conta da descoloração. Com certeza, ser loira dá trabalho!

Estraga mesmo? Como fica a saúde dos fios

Bom, como falamos acima, sim, os seus cabelos vão sofrer ao encarar a transição para o loiro. Tudo aquilo que for retirado do fio precisa ser reposto para que o cabelo se recupere, então, é preciso devolver a hidratação, a nutrição e as proteínas perdidas no processo.

Mas, a gente tem uma boa notícia: muito do que irá mudar na sua rotina diz respeito ao tipo de produto utilizado, você não terá que passar por mil processos todos os dias, não. Hoje já tem até como fazer uma hidratação poderosa em apenas um minutinho!

Já está platinada? Saiba como cuidar do cabelo loiro

Se o tom loiro já está na cabeça e não tem como voltar atrás, você precisa saber como manter o cabelo do jeitinho que sempre sonhou! Dá uma olhada nessas dicas:

Matizadores: guarde esse nome

matizador
Efeito da máscara matizadora – @beautyandtheblonde

 

Seja shampoo, máscara ou condicionador, é bom checar se o rótulo do produto escolhido leva esse nome. Isso porque a função “matizadora” vai neutralizar tons indesejados que podem aparecer, como o alaranjado ou o temível tom esverdeado pós-praia ou piscina. Os ativos antioxidantes preservam a cor dos fios e dão hidratação!

Ah! Mas os produtos matizadores devem ser usados apenas quinzenal ou mensalmente para manutenção da cor, ok? 

 

 

Hidratação no dia a dia

Se os matizadores têm uma certa frequência para ser usado nos fios, com a hidratação você não precisa economizar! Ela é superindicada para todos os tipos de cabelo, mas as loiras precisam ficar ainda mais ligadas na hidratação das madeixas.

Esse cuidado pode ser tomado já na escolha de produtos do dia a dia, escolhendo aqueles que apresentem D’Pantenol, óleos naturais e proteína de trigo na formulação. Fique de olho também nos proibidões: se aparecem as palavras “sulfatos”, “petrolatos” e “parabenos” na embalagem, melhor ficar longe!

A gente já falou mais sobre esse assunto aqui, onde você ainda vai aprender a fazer uma hidratação caseira poderosa especial para os fios loiras.

A tesoura também é sua amiga

Quer ter um cabelo loiro digno de Rapunzel? Parece contraditório, mas é bom você começar a ver a tesoura como uma aliada. Isso porque as pontas duplas podem dar aquele efeito de “vassoura”, sabe? Então, para manter o aspecto sempre saudável, é bom cortar as pontas, em média, uma vez a cada três meses.

Proteção térmica sempre!

Se você não abre mão do secador, chapinha ou babyliss, vai precisar redobrar os cuidados quando ficar loira! Como o processo de descoloração e coloração do cabelo o deixa mais fraco, as ferramentas de calor são muito mais danosas a esses fios.

O calor resseca ainda mais o cabelo, extraindo a pouca umidade que ainda há nele e é aí que entra em jogo o protetor térmico: ele cria uma espécie de capa protetora no fio, diminuindo os estragos.

Praia e piscina? Não antes dessas dicas

Protetor solar é indispensável para encarar o sol… inclusive no cabelo! As loiras devem investir na proteção capilar, uma vez que o sol dilata as escama dos fios e os deixa expostos a danos como poluição e vento. Então, use sempre um filtro UV para proteger os fios.

A piscina, em especial, tem um outro probleminha… o sulfato de cobre. É ele o responsável por deixar o cabelo esverdeado. Em cabelo ressecados, mais porosos, ele penetra ainda mais facilmente, então, nada de descuidar da hidratação para manter os fios protegidos! Uma ducha antes e depois do mergulho ajuda a não deixar o sulfato de cobre aderir ao cabelo. Ah! Um dia depois do mar ou da piscina é bom lavar o cabelo com um bom shampoo antirresíduos.

Saiba tudo sobre reconstrução

Lembra que lá no começo falamos sobre o processo de descoloração e como ele age, mandando embora uma proteína bem importante para o cabelo? Pois é, já que a descoloração tirou, cabe a você devolver a queratina perdida no processo!

A reconstrução é a etapa do cronograma capilar que visa repor a queratina, devolvendo o brilho, a força e elasticidade dos fios. Isso porque essa proteína também “sela” o fio, mantendo a massa capilar dentro dele.

Mas, a reconstrução exige cuidado: se o seu cabelo está muito danificado, a recarga súbita de queratina pode causar um efeito rebote, deixando os fios duros e bem fáceis de quebrar. 

Por isso, invista na hidratação e nutrição dos fios antes de usar a máscara reconstrutora. A periodicidade da aplicação varia, mas estima-se que, para cabelos quimicamente tratados, o intervalo deve ser de 8 dias.

FAQ das loiras: as dúvidas mais comuns

Agora, vamos conversar sobre algumas das perguntas mais comuns entre as loiras ― e as que ainda vão ser! Começando por ele, o temido…

Cabelo esverdeado: pode acontecer com você!

Como falamos ali em cima, o cabelo verde é uma possibilidade que assombra todas as loiras que adoram uma piscina. E, embora o cloro leve a “culpa” pelo fenômeno, aqui ele é inocente. O verdadeiro culpado é o sulfato de cobre que, em contato com a queratina, altera o tom do loiro. O sulfato de cobre atinge todos os cabelos, apenas fica mais evidente nos de cor mais clara ― adquirida ou natural!

Para prevenir e se refrescar sem preocupação siga essas dicas:

  • mantenha os cabelos sempre hidratados, assim você evita que o sulfato de cobre penetre no fio com facilidade;
  • tome uma ducha antes e depois de sair da piscina;
  • use sempre o filtro UV;
  • lave os cabelos com shampoo antirresíduos no dia seguinte ao banho de piscina.

Não teve jeito e o verde acabou aparecendo? Sem problemas! Dá para resolver diluindo um pouquinho de vinagre de maçã e lavando o cabelo com essa solução. Não esqueça de hidratar em seguida!

Ficar loira em casa: e aí, pode ou não pode?

Então, precisamos falar a verdade: não recomendamos que você passe pelo processo em casa. Só um cabeleireiro vai poder dizer quantos tons será possível clarear a partir do seu fio natural e conseguir realizar o procedimento sem deixar o cabelo manchado.

Isso sem contar os produtos utilizados, de qualidade sempre superior àqueles que a gente encontra baratinhos por aí.

Não chegou no tom que queria? Entenda aqui

Nem sempre a gente acerta logo de primeira. Especialmente se o seu cabelo natural for escuro e você estiver em busca de um tom mais claro, é bem provável que você não fique totalmente loiras no tom desejado em um único dia.

E também existem fatores individuais que influenciam na chegada ao tom esperado. Existem fios, por exemplo, que só abrem um tom por vez e é preciso respeitar os intervalos entre as sessões. É necessário que o cabelo se recupere de uma sessão de descoloramento para que só então enfrente a abertura para mais um tom. 

Dá para clarear usando uma tinta mais clara?

Não, uma tinta não é capaz de clarear outra. Quando os cabelos já estão coloridos, estão “impregnados” por um pigmento, sendo assim, adicionar uma nova camada de coloração não mudará em nada, pois essa nova tintura não conseguirá penetrar no fio.

Fios caindo após a descoloração? Saiba o que fazer

Neste tópico, a gente precisa falar primeiro sobre a diferença entre a quebra e queda. A queda é quando o fio cai inteiro, desde o bulbo, e isso pode ocorrer após procedimentos químicos que tenham entrado em contato com o couro cabeludo, causando alergias.

Já a quebra é mais comum nos caso das loiras e nela não há a presença do bulbo, mostrando que o fio se rompeu ao longo do comprimento. Isso acontece quando o cabelo está enfraquecido e investir nos cuidados com a hidratação e reconstrução capilar vão deixar os fios mais resistentes. 

Alaranjado: como evitar e o que fazer se o seu cabelo chegar neste tom

Ficar com as madeixas alaranjadas é um risco que todas correm, ainda mais se o seu cabelo natural for escuro e você estiver com pressa de atingir um tom mais claro. O tempo de ação dos produtos, assim como a qualidade deles, interferem diretamente no resultado.

Mas, se isso aconteceu com você, pode suspirar aliviada: a matização, que falamos lá no começo, pode consertar o tom, anulando o alaranjado.

Quantos tons é possível clarear apenas com tinta?

Você só consegue clarear com tinta até 3 tons abaixo do natural do seu cabelo. E isso se ele for virgem, nunca tiver enfrentado nenhum tipo de química pois, como já vimos, tintura não clareia tintura. 

Vou ter muito trabalho para manter a cor? 

O cabelo loiro exige, sim, uma série de cuidados. É preciso que você entenda que ele sofreu uma grande agressão ao ser descolorido e agora precisa receber de volta tudo aquilo que foi retirado. Então, sim, você vai ter um pouco mais de trabalho para manter os fios loiros, mas muito do cuidado se dá a escolha certa de produtos, como os ricos em óleos naturais.

Também é importante saber que manter o cabelo saudável também significa manter a cor bonita! Ao hidratar e manter as cutículas do cabelo seladas, você também prolonga o tempo de vida útil da coloração. 

Progressiva: antes ou depois da descoloração?

Sempre antes! A escova progressiva, independentemente da técnica, possui substâncias que podem desbotar a cor ou alterar as nuances do tom, então, deixe a coloração por último.

Não precisamos nem falar que os cuidados ao usar dois procedimentos deve ser redobrado, não é mesmo?

Pintei em casa e ficou manchado. O que fazer?

Ok, você não segurou a empolgação, decidiu descolorir e tingir o cabelo em casa e acabou com as madeixas manchadas? Tudo bem, ninguém está aqui para te julgar e, sim, para te ajudar! Você pode resolver de duas maneiras:

  1. tente clarear as partes mais escuras ou escurecer as mais claras com tintura para que tudo fique do mesmo tom, da raiz às pontas;
  2. caso você ache que não vai conseguir consertar os fios sozinha, recorra a um profissional para realizar uma decapagem, que retira a camada de tinta para reaplicá-la de maneira uniforme depois.

Seja você loira há algum tempo ou se ainda está ensaiando seus primeiros passos na mudança de cor, essas dicas vão ajudar você a manter os fios lindos, saudáveis e cheios de vida, no tom que você sempre sonhou.

Ficou com mais alguma dúvida? Deixe nos comentários que logo iremos respondê-la!


Tuany Fraga

Redatora publicitária e produtora de conteúdo. Depois de 27 anos brigando com os fios, fiz as pazes com os cachos e hoje nos damos muito bem, obrigada! Agora, quero trocar conhecimento, experiência e mostrar que cuidar dos cabelos é bem mais fácil do que você imagina. Vamos juntas?

Deixe seu comentário

Olá! Seja bem vindo(a)!Que tal ficar por dentro das novidades do universo de cabelos?