FrizzProblemas e CuidadosRessecados ou Secos

Frizz: você sabe o que é? Entenda as causas dos cabelos arrepiados e como lidar com isso

frizz

Uma das principais reclamações das mulheres é em relação ao frizz, que é realmente visto como um vilão da beleza capilar. Ninguém merece terminar de arrumar os fios e perceber que ele está cheio de frizz, aquele famosos fios arrepiados, né?

Se você sofre com o frizz e ele complica o seu dia a dia, saiba que não é difícil acabar com esse problema, que acontece mais frequentemente quando o cabelo não está saudável.

Uma boa maneira de iniciar o combate ao frizz é entendendo melhor os seus fios e o que causa esses indesejados fios indisciplinados. Abaixo, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre frizz e 6 hábitos que vão te ajudar a dar adeus a ele!

O que é o frizz?

Advertisement

A nossa fibra capilar é revestida externamente pela cutícula que tem a função de proteção dos fios. Essa é a parte dos nossos cabelos que vemos. Quando as cutículas estão ressecadas, elas se abrem, deixando escapar a hidratação presente na fibra capilar.

Essa cutícula, quando aberta, causa um efeito de cabelo arrepiado que é conhecido por frizz. A principal causa desse problema é a umidade do ar, ou seja, ele aparece com maior intensidade em ambientes úmidos.

frizz
Antes e depois de um dia de ação dos agentes externos. Instagaram: @ambam12_

Isso porque quando a umidade do ar entra em contato com fios de cabelos que estejam ressecados em excesso, a eletricidade estática resultante do contato faz com que os fios fiquem arrepiados.

O frizz é um aviso de que nosso cabelo pode estar danificado, mostrando que a saúde capilar não está tão em dia assim.

Qual tipo de cabelo é mais propenso a ter frizz?

Qualquer tipo de cabelo pode sofrer com frizz quando estão secos ou ressecados demais. Por isso, existem muitos tratamentos focados em recuperar a saúde dos fios, como o botox capilar.

No entanto, alguns tipos de fios são mais propensos a desenvolverem o frizz, caso dos cacheados e crespos. Isso acontece porque esse tipo de fio é o que mais sofre com o ressecamento, devido ao seu formato espiralado que faz com que grande parte da oleosidade da raiz não consiga chegar até as pontas.

Tem como acabar completamente com ele?

frizz
Instagram: @jurodriguestips

Por sorte, é fácil de combater o frizz. A solução mais simples para eliminar esse problema é manter os fios sempre saudáveis e bem cuidados. Isso significa investir em uma rotina de cuidados capilares que seja eficiente, como o cronograma capilar.

Nessa rotina de cuidados com os fios são intercaladas três etapas, hidratação, nutrição e reconstrução, que ajudam a repor massa capilar, nutrientes, água, lipídeos e vitaminas que são perdidos todos os dias devido a diversos fatores, como sol, vento, água do mar, uso da chapinha e secador, procedimento químicos, entre outros.

6 hábitos e produtos que ajudam a diminuir o frizz

Alguns hábitos do nosso dia a dia podem contribuir para aumentar a presença de frizz nos nossos cabelos. Vamos indicar alguns hábitos e produtos que podem ser grandes aliados da saúde dos fios, ajudando a eliminar o frizz de uma vez. Confira abaixo!

Atenção na hora de pentear os fios

A forma como penteamos os nossos fios  têm influência no aumento do frizz, principalmente no caso das cacheadas e crespas. Esse tipo de fio deve ser penteado somente quando está molhado. Independente do seu tipo de fio, comece sempre penteando das pontas em direção à raiz, ok? Dessa maneira é bem menor provável que o seu cabelo fique com frizz.

frizz
Instagram: @jana.cambier

Nada de coisas quentes

Para diminuir ou eliminar o frizz, tenha atenção a temperatura da água quando for lavar os fios, já que o indicado é que se lave o cabelo com água morna ou fria, evitando a água quente. Além disso, ferramentas de calor, como chapinha e secador, podem contribuir para deixar o cabelo ressecado e, consequentemente, com frizz. Por isso, sempre que for usar ferramentas quentes, não se esqueça de aplicar um protetor térmico para proteger os fios do calor, ok?

Umectação é tudo

A umectação com óleos é uma excelente forma de nutrir os fios, ajudando a recuperar a oleosidade. Um pouco de oleosidade é sempre bom para os fios não ficarem ressecados, então incorpore os óleos na sua rotina capilar. Para uma umectação ainda mais poderosa para eliminar o frizz, escolha dormir com o óleo nos fios e lavar somente na manhã seguinte, quando acordar. Os efeitos são surpreendentes e o cabelo fica extremamente brilhoso!

Use o leave-in

Cremes leave-in são uma ótima forma de manter a hidratação dos fios em dia e evitar os indesejados fios arrepiados. Não se esqueça de optar por um leave-in que seja específico para o seu tipo de cabelo, ok? Dessa maneira, o produto vai conseguir ajudar a suprir as necessidades do seu fio não só em relação ao frizz, mas também a opacidade ou pontas duplas, por exemplo.

Não prenda os fios de maneira errada

Prender os fios apertados demais pode contribuir para a quebra deles, causando problemas como o frizz. Atenção para o tipo de prendedor que você usa e não prenda muito apertado. Uma boa dica é preferir os elásticos de tecidos, as famosas scrunchies! Elas são estilosas e tem menos chance de deixar os seus fios quebrados.

Hidratação semanal sim!

melhor maneira de manter a saúde dos fios em dia é com hidratação, já que ajuda a repor a água que é perdida todos os dia. Faça hidratações frequentes e use produtos adequados para o seu tipo de fio. Uma ótima dica é experimentar as hidratações caseiras, já que não faltam boas opções para o combate ao frizz.

frizz
Instagram: @ohanawiggers
Advertisement
Carol Candido
the authorCarol Candido
Paulistana vivendo em Lisboa. Tradutora de formação e redatora por paixão. Vivi em uma relação de amor e ódio com seus cabelos durante anos até descobrir a forma certa de cuidar deles. Agora tudo é só amor. Acredito que compartilhar dicas é a melhor forma de aprender.
>