Problemas e Cuidados

Dor no couro cabeludo? Entenda o que pode ser

dor no couro cabeludo

A dor no couro cabeludo é chamada de tricodinia e, muitas vezes, pode estar associada a perda de cabelo também. Na maioria das vezes, essa dor tem causas simples, como caspa, podendo ser tratado também de forma simples. Entretanto, caso a dor persista, ela pode indicar problemas importantes e que precisam ser tratados de maneira mais rápida para evitar maiores complicações.

Abaixo, nós vamos te apresentar mais detalhes sobre dor no couro cabeludo, as possíveis causas e o tratamento. Vamos nessa?

É normal sentir o couro cabeludo dolorido?

Sim, é comum que algumas pessoas se queixem de dor ou sensibilidade no couro cabeludo. As causas podem ser o uso de boné, por exemplo, que acaba comprimindo algumas áreas do couro cabeludo. Além disso os bonés tracionam os fios de uma determinada região promovendo incomodo. Porém, como veremos a seguir caso a dor no couro cabeludo persista, é possível que esteja indicando outros problemas que precisam ser tratados de forma rápida.

dor no couro cabeludo
Instagram: @alienclaudia

Quais são as possíveis causas de dor no couro cabeludo?

Existe uma variedade de possíveis causas que podem ocasionar dor e sensibilidade no couro cabeludo. Na maioria das vezes, apenas eliminar a causa já resolve o problema sem que seja necessário qualquer tratamento.  Porém, caso a dor no couro cabeludo persista ou venha acompanhada de outros sintomas, como dor no ouvido, tontura e pontadas na cabeça, é imprescindível procurar por um médico. Esse problema pode indicar quadros mais graves que precisam ser tratados com mais rapidez.

Entre as possíveis causas da dor no couro cabeludo podemos citar: queimadura solar, caspa, uso constante de secadores e/ou pranchas, queda de cabelo, uso de produtos químicos, tração (quando os cabelos ficam por um bom tempo “puxados”), uso de bonés, presilhas, chapéus e capacetes por períodos longos, oleosidade, ressecamento, líquen plano pilar (tipo de alopecia), foliculite (infecções nos bulbos capilares), tínea do couro cabeludo (infecção causada por fungos), entre outros.

boné pode causar dor no couro cabeludo
Instagram: @hazardos.prod

Já se a dor no couro cabeludo vem acompanhada de outros sintomas, como pontadas na cabeça, tontura e dor de ouvido, ela pode indicar problemas mais graves. São eles: sinusite, herpes zoster, carbúnculo, arterite temporal, enxaqueca, lúpus, sinusite, problemas dentários, entre outros. Também é válido destacar que a dor no couro cabeludo pode ser causada pela ansiedade, que, quando em crise, pode ter como consequência dor, ardor e prurido no couro cabeludo.

Como vimos, a dor no couro cabeludo pode ter diversas causas e, por isso, o ideal é consultar um médico se sentir uma dor ou incomodo que seja persistente, principalmente no caso de estar associado a outros sintomas.

O que fazer para acabar com a sensibilidade no couro cabeludo?

O tratamento da dor no couro cabeludo vai depender da causa e, na maioria dos casos, apenas eliminar a causa já vai ir diminuindo aos poucos a sensibilidade. Caso a dor ou sensibilidade seja acompanhada de outros sintomas, pode ser necessário que haja um tratamento da causa e da consequência de forma paralela. Já se não houver outros sintomas, a homeopatia é uma excelente opção. Nela se leva em conta qual é o motivo dos sintomas, como questão mental, emocional, uso de produtos químicos, entre outros.

Não deixe de procurar o seu médico para um diagnóstico caso a dor no couro cabeludo persistir e para que seja indicado o tratamento correto. Fique ligado nos sinais, pois eles podem estar ligados a quadros mais graves que merecem atenção especial e tratamento adequado.

couro cabeludo dolorido
Foto/Reprodução: Pinterest

Cuidados básicos para evitar dor e sensibilidade no couro cabeludo

Existem algumas dicas que podem te ajudar a evitar a dor no couro cabeludo. Além disso, podem influenciar na melhora do quadro. São elas:

  • Higienização do couro cabeludo – O couro cabeludo não pode ficar muito tempo sem ser higienizado e é sempre indicado que se utilize shampoos sem sal;

shampoo detox

  • Evitar o uso de secadores, chapinhas ou babyliss;
  • Não usar o secador próximo à raiz dos cabelos;
  • Usar um protetor térmicos para proteger os fios do calor de ferramentas, como chapinha e secador;
  • Usar filtro solar nos fios para protegê-los do calor do sol, principalmente no verão;
  • Evitar fazer procedimentos químicos com muita frequência, como alisamentos, escova progressiva, etc.
  • Evitar usar os fios presos de forma muito apertada e por longos períodos.

Gostou dessa matéria? Comente e compartilhe! <3

Samira Chalom
the authorSamira Chalom
Carioca, jornalista e redatora. Como vive na praia, está sempre em busca de tratamentos capilares para que os seus fios fiquem hidratados, mas sem perder a leveza. Gosta mesmo é de testar novos produtos e está sempre em busca de novidades e lançamentos da área.
>