Couro cabeludo: 7 mitos e verdades sobre essa região

Couro cabeludo: 7 mitos e verdades sobre essa região

Um couro cabeludo saudável é essencial para garantir vitalidade aos cabelos. Independente do seu tipo de cabelo, é importante prestar atenção à saúde dessa importante região.

É no seu couro cabeludo que os fios novos irão nascer. Agora imagine que ela esteja com oleosidade em excesso, por exemplo. Então, não importa quantas vezes você cuidar do comprimento, seu cabelo continuará opaco e sem vida.

As raízes de nossos cabelos são essenciais para que o fio cresça forte e com elasticidade. Por isso, está na hora de cuidarmos do couro cabeludo e, para te ajudar, apresentaremos sete mitos ou verdades acerca dessa importante região.

Conheça melhor o couro cabeludo

Além de ser a região do corpo na qual os fios nascem, o couro cabeludo exerce a importante função de ser isolante térmico e fornecer proteção imunológica para nosso corpo.

Quando nosso couro cabeludo não está saudável, o crescimento capilar pode ser afetado, pois os folículos pilosos podem estar obstruídos ou o bulbo enfraquecido, o que prejudica o crescimento saudável dos fios.

Sete mitos e verdades sobre o couro cabeludo

A falta de informação sobre os cuidados com essa região faz com que muitos mitos sejam espalhados. Apresentaremos agora uma lista de sete mitos e verdades sobre essa região do corpo.

     1. Tomar banho com água quente pode prejudicar o couro cabeludo

VERDADE. Tomar banho com água quente é prejudicial para o couro cabeludo, pois estimula as glândulas sebáceas que produzem oleosidade. O resultado, como você pode imaginar, é o excesso de oleosidade na região.

     2. Não tem problema lavar o cabelo todo dia

MITO. Não é aconselhável lavar o cabelo diariamente. A não ser que você tenha uma condição específica que exige que seu cabelo seja lavado todo dia, o excesso de lavagem irá retirar a oleosidade natural do cabelo. Quando isso ocorre, as glândulas sebáceas irão trabalhar em dobro para compensar a falta dessa oleosidade.

Dessa forma, seu couro cabeludo ficará muito oleoso e seus fios ressecados, o que impede novos fios de crescerem e enfraquece os que você já tem. 

     3. O secador e a chapinha podem queimar o couro

VERDADE. É comum acharmos que o uso de instrumentos de calor será prejudicial apenas para o comprimento e as pontas dos cabelos. Entretanto, o vapor que esses instrumentos emana poderá queimar a região do couro cabeludo.

Busque evitar a aproximação de instrumentos de calor da raiz dos cabelos e utilize sempre um protetor térmico antes da chapinha e do secador.

     4. Massagens no couro cabeludo podem estimular o crescimento dos cabelos

VERDADE. Realizar uma massagem rápida na região na hora de lavar os cabelos ou durante o processo de hidratação é importante para estimular a circulação sanguínea.

Isso fará com que mais oxigênio circule e, dessa forma, estimulará o crescimento capilar.

couro cabeludo

     5. A alimentação influencia na saúde geral do couro

VERDADE. A alimentação equilibrada é fundamental para a saúde do corpo, e não seria diferente quando falamos do nosso couro cabeludo. A carência de nutrientes pode levar a um enfraquecimento da região, que causará a queda e quebra de fios e também a falta de brilho.

Para além dos cuidados capilares, é preciso também prestar atenção à alimentação e beber água com frequência.   

     6. Podemos aplicar condicionador na raiz do cabelo

MITO. O couro cabeludo pode sim ficar ressecado e necessitar de hidratação, mas o problema dos condicionadores e máscaras tradicionais é que eles podem obstruir os folículos capilares, pois não possuem uma fórmula adequada para ser utilizada no couro

Se você realmente sentir a necessidade de hidratar essa região, opte por produtos desenvolvidos especificamente para isso, como os tônicos.

     7. Shampoo com sulfato faz mal para a região

MITO. O shampoo com sulfato não deve ser utilizado em excesso; no entanto, ele é um bom aliado para remover toda e qualquer sujeira existente na região do couro cabeludo. O recomendado é utilizá-lo esporadicamente, principalmente antes de procedimentos de hidratação, para evitar o efeito build up.

E o couro cabeludo sensível?

Bom, esse tipo de couro é um pouco diferente, pois mesmo se alimentando bem, evitando o uso de ferramentas de calor e lavando da maneira correta, as pessoas que possuem um couro sensível costumam sentir dor ou maior incômodo nessa região e, por isso, não devem dispensar cuidados especiais para manter a saúde dele.

Deve-se, por exemplo, evitar a exposição solar excessiva, principalmente nos horários entre 10h e 16h, em que a incidência solar tende a ser mais forte e, portanto, mais prejudicial à saúde do couro cabeludo.

Evite submeter suas madeixas a procedimentos químicos, uma vez que eles são mais prejudiciais para pessoas com couro cabeludo mais sensível. Alguns produtos químicos podem causar inflamação e até mesmo queimar a região, trazendo danos que podem, por vezes, serem irreversíveis.

Muitas vezes gastamos muito dinheiro investindo em hidratação sem, no entanto, visar os cuidados com o nosso couro cabeludo. Um couro cabeludo saudável irá gerar cabelos mais fortes e com mais vitalidade.

Lembre-se sempre que o crescimento capilar começa da raiz e, por isso, cuidar dessa região é essencial para exibir madeixas lindas e brilhosas.


 

Carol Candido

Paulistana vivendo em Lisboa. Tradutora de formação e redatora por paixão. Vivi em uma relação de amor e ódio com seus cabelos durante anos até descobrir a forma certa de cuidar deles. Agora tudo é só amor. Acredito que compartilhar dicas é a melhor forma de aprender.

Deixe seu comentário