Imagine que você saiu do salão após alisar ou colorir os cabelos novamente e está se sentindo linda, mas, depois de alguns dias, começa a notar que seus fios estão elásticos e quebrando muito facilmente. Parece um pesadelo, certo? Na verdade, essas são algumas das características do corte químico.

Nossos cabelos sofrem muito com as agressões de agentes externos como sol, vento, poluição etc. Além disso, há também as agressões que nós mesmas fazemos ao realizar procedimentos químicos como alisamento e coloração ou usar ferramentas de calor intenso, caso da chapinha e do secador.

Tudo isso faz com que nossos cabelos fiquem muito fragilizados. Não há nada pior do que ver nossos fios quebrando de maneira drástica e não saber o que fazer para resolver esse problema, certo?

O que é o corte químico?

O corte químico é uma desestruturação da fibra capilar que faz com que o cabelo quebre. Os fios, extremamente fragilizados, se partem e caem, podendo quebrar em partes diferentes do comprimento.

É possível notar que suas madeixas estão sofrendo com o corte químico se, por exemplo, seu fio quebra com muita facilidade, parecendo que está se desmanchando.

O fio que sofre desse problema também apresenta excesso de pontas duplas e, às vezes, até mesmo triplas e quádruplas, além de ficar elástico.

O aspecto dos cabelos passa rapidamente de tratado devido ao procedimento químico para opaco e áspero ao toque, podendo, em muitos casos, ocorrer a queda dos fios.

O que causa o corte químico?

corte químico

Ele pode ocorrer devido ao excesso de procedimentos químicos ou pelo uso errado dos produtos, o que significa utilizar produtos incompatíveis entre si, não respeitar o tempo de pausa, usar produtos em excesso ou muito fortes, etc.

Há certas químicas que são incompatíveis devido aos seus componentes. Quando utilizadas em conjunto, elas fazem com que os cabelos fiquem fragilizados e quebrem com maior facilidade.

Se seus cabelos já estão fragilizados devido ao uso de produtos químicos, submetê-los a outro procedimento irá apenas fazer com que eles fiquem ainda mais frágeis.

Como prevenir?

Para prevenir o corte químico é importante não ignorar o teste de mecha antes de fazer qualquer procedimento químico. Esse teste serve exatamente para avaliar a compatibilidade do produto com os seus fios e outros produtos que tenham sido utilizados anteriormente.

Basta aplicar o produto em uma mecha na parte da nuca e aguardar 45 minutos para que ele possa agir. Então, lave a mecha e veja como o cabelo reagiu ao produto. Se você sentir que a mecha ficou elástica e áspera, é sinal que seus fios não estão saudáveis o suficiente para utilizar o produto, ou, caso você já faça algum tipo de química, que elas não são compatíveis.

Outra forma de prevenir a quebra química, é fazer tratamentos constantes antes e após (mas principalmente antes) qualquer transformação química. É importante deixar o cabelo em seu melhor estado antes de passar por algum procedimento agressivo, e também devolver os nutrientes e proteínas perdidos após, para garantir que os fios estejam sempre saudáveis e fortes

5 dicas para tratar o fio danificado

Não deu para prevenir e já está sofrendo com o corte químico? Não se desespere, pois daremos 5 dicas para restaurar os fios e trazer saúde e vitalidade de volta às suas madeixas.

Dê um tempo para seus cabelos

Pare com os procedimentos químicos imediatamente. Seus cabelos precisam se recuperar, e essa será uma tarefa impossível para seus pobres fios se você continuar com a química a todo instante. Se você precisa alisar os cabelos, procure alternativas naturais. Se você colore as madeixas, aguarde algum tempo e tenha paciência. A saúde dos fios é mais importante do que a cor nesse momento. O mesmo vale para o secador e chapinha: passe longe deles.

Cronograma capilar nesses fios, menina!

Você sente que quase toda dica de recuperação de fios passa pelo cronograma capilar? Sim, também sentimos isso, e tem um motivo: essa rotina de cuidados faz milagres pela recuperação de cabelos danificados! Ao hidratar, nutrir e reconstruir seus fios, você irá repor a água, gordura e massa capilar perdida durante os procedimentos químicos.

Sim, é importante cortar os cabelos

Essa ideia parece um pesadelo para as inimigas da tesoura, mas pense conosco: vale mais a pena tirar 3 ou 4 dedos de fio agora ou deixar que todos caiam? Cortar as pontinhas irá ajudar a remover o aspecto quebradiço e fazer menos peso no comprimento, fazendo com que os cabelos consigam se recuperar mais facilmente.

Seu amigo, o finalizador

O finalizador faz muito mais do que apenas finalizar um penteado. Ele ajuda a criar uma camada de proteção em volta dos fios que auxilia em seu fortalecimento. Não negligencie o uso desse importante produto.

Umectação nele!

A umectação é uma importante forma de ajudar os cabelos a recuperarem a camada protetora contra agentes externos e as nossas aventuras capilares. Use óleos 100% vegetais para banhar todos os fios. Pode dormir com ele, não tem problema. Você verá como seus fios ficarão mais saudáveis rapidamente.

O corte químico pode parecer motivo de desespero. Afinal de contas, se fazemos um procedimento químico para ficarmos bonitas, a última coisa que queremos é ver nossas madeixas caindo mais que internet em dia de chuva, né? Considere utilizar a queratina líquida para a reconstrução capilar e veja as maravilhas que ela fará pelos seus fios!