Cortar as pontas ou tratar? Reconheça os sinais de que está na hora de cortar o cabelo

Cortar as pontas ou tratar? Reconheça os sinais de que está na hora de cortar o cabelo

Cortar ou não cortar o cabelo: eis a questão! Muita gente vive esse dilema – é o seu caso? A verdade é que, principalmente quem está tentando deixas os fios mais longos, acaba tentando fugir da tesoura. Mas, chega um momento que não tem mais jeito: é preciso cortar o cabelo.

Será que a hora é agora? Ou tratar as pontas resolve o problema? Saiba mais a seguir!

Quando hidratar é o suficiente?

Primeiramente, é importante ter em mente que a hidratação dos fios é fundamental para a sua saúde e beleza. E, por isso, ela deve fazer parte de sua rotina e de seu cronograma capilar. Ela ajuda a devolver aos fios os nutrientes necessários e atua na prevenção do ressecamento e das pontas duplas. Ainda, ajuda a trazer mais brilho e a deixar a estrutura capilar mais fortificada para lidar com eventuais agressões – como tinturas, secador de cabelo, etc.

Desse modo, se você ainda não está pronta para aparar as pontas, adotar uma rotina de hidratação ajudará a lidar paliativamente com os problemas – isso quer dizer que, mais cedo ou mais tarde, você terá mesmo que cortar o cabelo!

Por que devo cortar o cabelo?

Você já deve imaginar isso: mesmo quem está em seu “projeto Rapunzel” precisa, por vezes, cortar o cabelo. 

Isso porque cortar as pontas com regularidade ajuda a manter seus cabelos saudáveis e bonitos. Ainda, se você aderiu a um corte estiloso, é preciso fazer sua manutenção para manter a aparência desejada – principalmente se for uma opção mais curtinha.

Essa manutenção proporcionada pelo corte ajuda a prevenir as temidas pontas duplas e a formação de nós, também atuando para preservar a beleza dos fios e do estilo dos cabelos. 

antes e depois corte de cabelo
Antes e depois corte de cabelo – @blogdoestilo

Sinal de alerta: é hora de cortar o cabelo

Descubra agora algumas pistas de que chegou o momento de cortar seu cabelo:

1. Você não tem mais vontade de andar com as madeixas ao vento

Quando não estamos satisfeitas com a aparência dos cabelos, é comum que acabemos mantendo eles presos por mais tempo. Esse pode ser um sinal de que está na hora de revigorar seu look e dar aquela incrementada no visual cortando “só as pontinhas” ou mesmo aderindo a um corte diferente e moderno.

2. As pontas estão duplas

Quando a ponta do cabelo está dupla ou mesmo tripla, atenção: é hora de cortar o cabelo. Esse é um sinal claro de que seus fios estão mais sensíveis e enfraquecidos, o que leva à indesejada partição das pontinhas. Para lutar contra esse problema, o corte é uma ótima arma para ganhar o combate.

Vale lembrar ainda de outra questão: quando a ponta dupla embaraça, ela pode acabar enrolando-se nos outros fios saudáveis e favorecer sua queda, o que atrapalha o crescimento do seu cabelo. Então, dentro dessa lógica, cortar aquela pontinha, por mais contraditório que pareça em um primeiro momento, pode ajudar seu cabelo a manter o crescimento saudável

Claro, além do corte, é importante adotar uma rotina de cuidados para evitar que o problema seja muito frequente. Por exemplo, ao pentear, iniciar pelas pontas e não pela raiz, fazer hidratação com frequência, entre outras.

3. As pontas estão secas

Quando as pontas se embaraçam facilmente e ficam com um aspecto de secas, o corte pode ser bastante favorável. Isso porque, se ficamos muito tempo sem cortar as pontas, elas começam a mandar pedidos de socorro, pois estão desidratadas.

Nesses casos, pode ocorrer de a oleosidade natural da raiz não estar conseguindo chegar até as pontas, o que fragiliza o fio. Então, o corte pode ser uma boa solução. No entanto, também é possível ajudar na recuperação do fio caprichando em sua hidratação.

4. Mais de quatro meses sem cortar o cabelo

Ih, faz tempo que você não corta suas madeixas, heim? Saiba que a recomendação é cortar os cabelos naturais, pelo menos, a cada quatro meses. Já os fios com química devem se submeter à tesoura entre dois e quatro meses, em razão da porosidade das pontas.

5. Seu cabelo está sem movimento e definição

Como não ficar deslumbrada vendo aqueles cabelos brilhosos e com um movimento incrível nos comerciais? Para deixar suas madeixas exuberantes assim, o corte pode ser um aliado. Se seus fios estão pesados e sem volume ou movimento, pode ser um sinal de alerta para marcar um corte de cabelo.

Já para as cacheadas, quando seus caracóis já não apresentam uma boa definição e modelagem, cortar pode ser um bom caminho.

6. Você submeteu seu cabelo a muita química e ferramentas de calor

Como vimos, o cabelo com química precisa ser cortado com mais frequência para manter-se saudável. E se você o submete com frequência a descolorações, tinturas e outros processos, essa atenção deve ser redobrada.

Ainda, tratamentos térmicos utilizados para finalização, como chapinha e babyliss, sobretudo quando aplicados sem a devida proteção, podem acabar fragmentando sua cutícula capilar, o que, entre outras questões, estimula o aparecimento de pontas duplas, triplas ou até mesmo quádruplas. Nesses casos, a indicação é mesmo cortar o cabelo a cada dois meses.

Tá, mas e se eu não quiser cortar?

Primeiramente, você já sabe: não somos obrigadas! Depois desse momento de empoderamento, é importante levar em consideração os benefícios do corte regular e avaliar os prós e contras da tesoura para você e suas madeixas.

Se você optou por deixar para cortar depois, é importante adotar uma rotina de cuidados para fazer a reposição dos nutrientes dos fios. Entre eles, a selagem capilar e a cauterização podem ajudar e muito a deixar a aparência dos cabelos mais saudável.

Os reparadores de pontas também são grandes aliados de qualquer “projeto Rapunzel”, ajudando a unir as três camadas do fio – medula, córtex e cutícula capilar -, formando uma espécie de película protetora em seus cabelos.

Também é importante manter uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, que auxilie seus cabelos a já nascerem mais saudáveis, e não lavar suas madeixas com água quente. 

E então, agora ficou mais claro para você quando é indicado cortar o cabelo? Que tal investir em uma hidratação de babosa? Então, leia também este artigo, nele te contamos diversos truques e dicas importantes! 

 


Avatar

Fernanda Sarate

Gaúcha, publicitária, blogueira, mãe de gatos e cachorros. Suas madeixas são uma metamorfose ambulante. Por impulsividade e falta de conhecimento, fez diversas loucuras capilares. Agora que aprendeu a lição, quer compartilhar conhecimentos para que outras pessoas não cometam os mesmos erros e comprometam a beleza e a saúde de seus fios.

Deixe seu comentário

Olá! Seja bem vindo(a)!Que tal ficar por dentro das novidades do universo de cabelos?