Conheça os benefícios do óleo de rícino

Conheça os benefícios do óleo de rícino

De tempos em tempos, um produto vira o queridinho do momento nas receitas caseiras para recuperação dos cabelos. Agora, é a vez do óleo de rícino. Você já ouviu falar sobre ele?

Esse óleo vegetal tem sido bastante indicado para casos de fios quebradiços, danificados, ressecados, com caspa ou queda excessiva. Então, que tal saber mais sobre esses benefícios e como obtê-los em sua rotina capilar? Confira tudo a seguir!

O que é o óleo de rícino?

semente de mamona
Semente de mamona

O rícino é o óleo extraído das sementes da mamona (ricinus communis). Você já deve ter ouvido falar que a mamona é tóxica, certo? No entanto, isso ocorre somente com sua semente, não com seu óleo.

Esse óleo vegetal é rico em ômega 6 e 9, sais minerais e vitamina E. Por seus benefícios, ele é aplicado em diversos produtos estéticos, terapêuticos e medicinais.

Quais são os benefícios do óleo de rícino?

Esse óleo aparece em diversas indicações populares para resolver problemas como:

  • Queda e outros problemas do cabelo enfraquecido.
  • Constipação e diversos problemas gastrointestinais.
  • Infecções gerais causadas por fungos.
  • Inflamações.
  • Alívio de dores musculares.
  • Problemas de circulação.
  • Problemas na pele, como acne e verrugas e ressecamento.

Óleo de rícino ajuda no crescimento do cabelo?

Agora, já que você é leitora aqui do blog, provavelmente seu interesse seja pelos benefícios do óleo de rícino para os cabelos, certo? Então, saiba que, se utilizado corretamente, ele apresenta diversas vantagens para nossas madeixas, incluindo:

antes e depois óleo de rícino
Antes e depois óleo de rícino
  • Fortalecimento dos fios.
  • Combate à caspa e à queda do cabelo.
  • Hidratação profunda e recuperação dos fios.
  • Nutrição dos cabelos.
  • Equilíbrio do pH dos cabelos.
  • Selagem das cutículas da fibra capilar.
  • Combate à quebra e às pontas duplas.
  • Redução do frizz.
  • Estímulo ao brilho dos cabelos.
  • Auxílio no combate à dermatite seborreica.

Agora, especificamente sobre o crescimento, primeiramente, é importante ressaltar que nenhum produto sozinho oferecerá resultados milagrosos, ok? No entanto, se você adota uma boa rotina de cuidados e incluir nela o óleo de rícino, ele apresentará ótimos benefícios para suas madeixas.

Por exemplo, por conter vitamina E, minerais e outros nutrientes que auxiliam no crescimento e por ativar a circulação no couro cabeludo, ele favorecerá que seus fios cresçam fortes, bonitos e saudáveis. 

6 formas de utilizar o óleo de rícino nos cabelos

  1. Óleo de rícino para nutrição

Para quem já segue uma rotina de cronograma capilar, é possível incluir o óleo na fase de nutrição. Para isso, basta misturar uma colher de chá de óleo de rícino e duas colheres de sopa do seu creme hidratante de preferência. Depois, distribuir nos cabelos já lavados apenas com shampoo e deixar a mistura agir por até 30 minutos. Aí é só enxaguar.

  1. Óleo de rícino para pontas duplas

Se você está enfrentando um problema de pontas duplas, não se desespere: o óleo de rícino pode ajudar a reverter o quadro!

Experimente misturá-lo com óleo de coco e colocar essa misturinha nas pontas dos cabelos. Deixe, então, agir por até duas horas e depois lave os cabelos como de costume. 

  1. Óleo de rícino para a queda de cabelo

Por sua ação antifúngica e antibactericida, o óleo pode ajudar a impedir o crescimento de microrganismos que estejam prejudicando sua saúde capilar e levando à queda dos fios

óleo de rícino queda capilar
Antes e depois do óleo de rícino para queda capilar

Para amenizar a perda, ele pode ser aplicado massageando-se o couro cabeludo delicadamente por cinco minutos. Depois, você pode deixá-lo agindo por algumas horas ou já lavar os cabelos conforme sua rotina.

  1. Óleo de rícino para crescimento capilar

Se você está no projeto Rapunzel e quer incentivar um crescimento ainda mais consistente para seus fios, experimente misturar duas colheres de sopa de óleo de rícino a duas gotas de óleo essencial de alecrim. Então, faça uma massagem suave no couro cabeludo por cerca de cinco minutos e depois lave seus cabelos como de costume.

  1. Óleo de rícino para fios ressecados

Para lidar com o problema do cabelo ressecado, você pode utilizar esse óleo vegetal como um finalizador após a lavagem dos fios. Ele potencializará a hidratação das madeixas e as protegerá contra agressões externas. 

  1. Óleo de rícino para hidratar o cabelo

Para deixar seus fios ainda mais hidratados e sedosos, basta colocar algumas gotas do óleo vegetal em sua máscara de hidratação preferida e seguir com sua rotina de cuidados costumeira.

O óleo de rícino oferece mesmo diversos benefícios! No entanto, vale fazer um alerta: assim como qualquer produto, ele pode ser alergênico para algumas pessoas. Então, fazer o teste de alergia no antebraço antes de qualquer utilização é sempre importante para garantir que ele traga apenas as reações esperadas.

Você já conhecia os benefícios do óleo de rícino? Conhece alguma outra receitinha que não mostramos aqui? Conta pra gente!

 


Avatar

Fernanda Sarate

Gaúcha, publicitária, blogueira, mãe de gatos e cachorros. Suas madeixas são uma metamorfose ambulante. Por impulsividade e falta de conhecimento, fez diversas loucuras capilares. Agora que aprendeu a lição, quer compartilhar conhecimentos para que outras pessoas não cometam os mesmos erros e comprometam a beleza e a saúde de seus fios.

Deixe seu comentário

Olá! Seja bem vindo(a)!Que tal ficar por dentro das novidades do universo de cabelos?