EstiloTendência

Como pintar o cabelo com papel crepom: descubra essa técnica para colorir cabelos rápido e temporariamente

como pintar o cabelo com papel crepom

Você provavelmente já deve ter procurado por formas alternativas de pintar os cabelos. Na época do carnaval, usamos os sprays de cor, mas também há como pintar o cabelo com papel crepom.

Na verdade, essa foi uma grande moda entre os jovens. Era comum algumas pessoas pintarem na escola com a ajuda dos amiguinhos. Sabemos que colorir os nossos fios é uma das maneiras mais comuns de mudar o nosso visual.

É simples conseguir uma aparência estilosa pintando nossos fios de uma outra cor, seja em casa ou no salão. As opções de tonalidades são muitas. No entanto, há quem não queira passar pelo processo de coloração de forma tão intensa e permanente.

Você pode pintar o cabelo com papel crepom, mas temos que tomar alguns cuidados. Essa prática garante cabelos lindos e coloridos e é possível aderir com as cores mais diversificadas.

pintar o cabelo com papel crepom
Instagram: @julianadidone

Pensa só: quando você entra em uma papelaria, tem papel crepom de todas as cores, não é mesmo? Então, o leque de opções para mudar a cor dos seus fios utilizando esse papel, é claro, é muito extenso.

Essa moda literalmente fez a cabeça dos jovens exatamente pelo fato de ser extremamente prática e possibilitar mudar os fios para cores variadas, como rosa, azul claro, verde água e todos aquelas cores mais bonitas dos lápis de cores que reservávamos para momentos especiais.

Assim como a tinta, o papel crepom pode danificar as madeixas. O crepom é mais fácil de ser tirado, sendo a melhor alternativa para quem quer uma coloração rápida e temporária.

Se você quer aprender como pintar o cabelo com papel crepom e alterar o seu visual rapidamente, veio para o lugar certo. Esse artigo vai ensinar direitinho tudo o que você precisa saber.

O papel crepom não deve ser restrito somente ao trabalho de artes da escola! Ele pode ser uma forma muito prática de dar uma mudada no visual. Aprenda como utilizar essa técnica de coloração provisória e prática e quais são os cuidados que você deve tomar após o processo de pintar os seus fios.

Como funciona pintar o cabelo com papel crepom?

O papel crepom é um artigo de papelaria muito utilizado em serpentinas, decorações de festas e na confecção de flores, apliques e esculturas de papel. Mas o seu uso não para por aí, afinal, quando misturado com água, forma um tipo de tintura temporária para as madeixas.

como pintar cabelo com papel crepom
@galeria-ferreira

A técnica virou febre na década de 1990 e início dos anos 2000, e era comum desfilar no intervalo da escola com mechinhas coloridas. Como a moda é cíclica, o papel crepom não ficou no passado e, por isso, ainda é bastante utilizado para fazer uma coloração divertida para datas como o carnaval, como um teste antes de realmente tingir os fios ou, até mesmo, para mudar de estilo sempre que der vontade.

E a boa notícia é que pintar o cabelo com papel crepom é bem fácil, e a técnica deixa os fios com cores alegres, vibrantes e cheias de personalidade. O processo envolve basicamente dois ingredientes: água e o papel em si.

O custo também é um atrativo na hora de usar essa coloração, afinal, é comum encontrar o artigo em papelarias por cerca de R$ 2,00.

Pintar o cabelo com papel crepom faz mal para os fios?

Você com certeza já ouviu pessoas falando que não se deve usar esse material para fins não artísticos. Afinal de contas, há como pintar o cabelo com papel crepom sem danificar os seus fios?

Antes de mais nada, é preciso ressaltar que toda coloração, seja ela qual for, tem impacto negativo na saúde dos fios. Ou seja, mesmo aquela pintura linda que você faz no salão fará com que seus cabelos fiquem ressecados.

Embora essa técnica seja simples e barata, o papel crepom não é um material criado com a finalidade de colorir os fios. Dessa forma, os materiais e pigmentos utilizados em sua composição podem gerar consequências negativas nas madeixas, deixando-as mais ressecadas e porosas.

Outro ponto que deve ser considerado é que o pigmento pode tingir os fios de forma desigual, manchando-os e necessitando de um bom tempo para corrigir o efeito.

como pintar o cabelo com papel crepom
@rosaoupink

Também é importante considerar a necessidade de descolorir os fios. Se o seu cabelo é muito escuro ou se você deseja um resultado mais vibrante, precisará descolorir e isso pode acabar fragilizando as madeixas.

Então, se você quer pintar o cabelo com papel crepom, é preciso ter consciência de que a técnica deve ser aplicada com cautela e com uma rotina de cuidados específicos para preservar a saúde dos fios.

Como pintar o cabelo com papel crepom: passo a passo

Mudar o corte e a cor do cabelo faz parte do estado de espírito das pessoas. Chega um momento em que alterar o visual, investir em um novo estilo e arriscar uma transformação é  algo necessário para encerrar ciclos, dar um novo gás ou marcar um recomeço.

Para tudo isso, esse procedimento simples e rápido pode ser um bom aliado. Você precisa de poucos materiais e, se for cuidadosa, fará pouca sujeira.

Lembre-se de que a tintura tem maior destaque em cabelos loiros e castanhos claros ou, no máximo, médios. Quem tem fios mais escuros não obterá resultados tão vibrantes a não ser que faça a descoloração.

Então, escolha o tom desejado e siga o passo a passo:

1. Separe os “ingredientes”: papel crepom da cor que você deseja tingir os fios, água, luvas, papel higiênico (ou papel toalha), palito de picolé (ou outro objeto para mexer) e copo descartável (se for pintar apenas as pontas) ou prato fundo (se for pintar o cabelo todo).

2. Com o papel crepom enrolado, corte algumas tirinhas.

3. Aqueça a água, coloque no recipiente e insira as tirinhas de papel crepom.

4. Utilize o palito para prensar as tiras de papel na água para liberar o pigmento.

como pintar o cabelo com papel crepom
@clicrbs

5. Aguarde alguns minutos até que a tinta se solte e a água fique escura.

6. Retire o papel do recipiente e sua tinta está ponta para ser aplicada!

7. Então, mergulhe o cabelo seco dentro da água até o ponto desejado para a coloração. Se você deseja pintar apenas as pontas, prenda os cabelos e mergulhe os fios no copo. Se o seu cabelo é curto ou você quer pintar da raiz ao comprimento, mergulhe os fios no prato de diferentes ângulos para obter um tingimento uniforme.

como pinta o cabelo com papel crepom
@marchinhadecarnaval

8. Deixe o cabelo ficar de molho na água. Quanto mais tempo você deixar, mais forte a cor ficará.

9. Retire o cabelo da água colorida e remova o excesso de água com o auxílio do papel higiênico ou papel toalha.

10. Seque seus cabelos naturalmente.

 Quanto tempo dura a cor do papel crepom?

A durabilidade da cor depende da frequência com a qual você lava os fios. Afinal, a cada lavagem, o tom perde intensidade. É normal que na terceira lavagem seja perceptível que a cor clareou e, a partir disso, é possível que nem se note o colorido no cabelo.

Além disso, o shampoo utilizado também pode influenciar na duração da tintura, uma vez que os produtos de limpeza profunda e antirresíduos promovem um desbotamento mais rápido.

Para preservar o seu cabelo saudável e vibrante, é importante tomar alguns cuidados antes e depois de pintar o cabelo com papel crepom.

Por exemplo, os fios devem estar bem hidratados para não ficar danificados e ressecados por conta do processo.

pintar o cabelo com papel crepom
Instagram: @babiifreitas

Hoje em dia, o mercado oferece uma grande variedade de produtos disponíveis para quem tem cabelo colorido. Essas linhas contêm elementos que preservam a pigmentação, adiando o desbotamento. A técnica Low Poo, por exemplo, resseca menos os cabelos tingidos e preserva a coloração por mais tempo.

Seguindo esse passo a passo, você conseguirá pintar o cabelo com papel crepom sem danificar os fios e poderá experimentar diversas cores! Legal, não é?

Você está pensando em pintar o cabelo com papel crepom? Já coloriu os cabelos dessa forma? Nos conte tudinho aqui nos comentários!

Fernanda Sarate
the authorFernanda Sarate
Gaúcha, publicitária, blogueira, mãe de gatos e cachorros. Suas madeixas são uma metamorfose ambulante. Por impulsividade e falta de conhecimento, fez diversas loucuras capilares. Agora que aprendeu a lição, quer compartilhar conhecimentos para que outras pessoas não cometam os mesmos erros e comprometam a beleza e a saúde de seus fios.
>