Quando falamos em mudar o visual, podemos até cogitar uma ida ao shopping, mas nada mais transformador que dar aquela mudança radical nos fios, não é? Justamente por serem tão versáteis, as madeixas são sempre um dos primeiros “alvos” de quem quer dar uma repaginada. E mudar para cabelos loiros , claro, é uma das opções mais procuradas!

Porém, antes de sair procurando um profissional para descolorir os fios, é bom conhecer algumas coisinhas que podem até parecer exagero em um primeiro momento, mas são superimportantes para quem vai viver com a cabeleira descolorida — mesmo que só por algum tempo, até ter vontade de mudar de novo!

Então, se você está pensando que ficar loira é o seu próximo passo, este artigo é perfeito para o seu caso! Nele, vamos te contar 5 segredinhos importantes que você deve saber antes de tomar uma decisão tão importante — e linda! — quanto essa!

Uma coisa é fato: sua rotina de cuidados vai mudar

Um cabelo quimicamente tratado exige cuidados que podem ser dispensados quando as madeixas são naturais. Isso porque todos os tratamentos que visam mudar a estrutura — e a cor se inclui — forçam a abertura das escamas do cabelo para que possam agir no córtex do fio. É no córtex que se encontra a queratina, proteína responsável por dar força e elasticidade aos fios, e também a melanina, que dá cor aos cabelos e é retirada no processo de descoloração global.

Mesmo que você já seja adepta do cronograma capilar, ao ficar com os cabelo loiros alguns cuidados deverão ser adaptados aos seus novos fios. E o assunto é tão importante que fizemos um artigo falando especialmente do cronograma capilar para cabelos loiros, com dicas incríveis para montar o seu e manter em casa aquele cabelo com ar de que acabou de sair do salão!

A maior parte da mudança, na verdade, se dá nos produtos que você irá utilizar (alguns serão incluídos) e nem tanto nos processos que você já faz. Um exemplo é o shampoo, que deve ter formulação própria para cabelos descoloridos — os de coloração roxa são ótimos para evitar o amarelamento do cabelo. E, por conta da abertura das escamas, o cabelo perde muito da sua força, sendo necessário investir em produtos ricos em queratina. 

Entender as necessidades do seu fio é essencial para conseguir cuidar dele e evitar alguns problemas que são comuns em cabelos quimicamente tratados: aspecto emborrachado, ressecados ou cheio de pontas duplas e quebradas.

5 coisas para saber antes de ficar com os cabelos loiros

Está mesmo a fim de ficar loira? Ótimo! Para muitas mulheres, os tons loiros dão um ar sofisticado e muito mais jovial — na verdade, é difícil achar quem não fique linda com essa cor! Então, vamos ao que interessa!

1. Prepare-se para novas cores em todo o visual

A cor dos cabelos manda em todo o visual! O tom da sua maquiagem, por exemplo, precisará de alguns ajustes, assim como as suas roupas. Mas não precisa se desesperar, pode ter certeza que essa é uma das partes mais divertidas da transformação! Não esqueça: os seus cabelos loiros são a estrela do show!

2. Aceite um pouquinho de raiz aparecendo

Se você tem a raiz escura, claro que vai querer tapar cada milímetro de raiz que aparecer depois que você tingir! Mas isso pode detonar muito o seu cabelo que, como você sabe, já está bastante sensível. O ideal é refazer o processo apenas a cada 3 meses e apenas na parte que está nascendo, não agredindo ainda mais o comprimento. Os retoques frequentes, inclusive, estão entre os 5 erros mais comuns contra os fios!

3. Evite as ferramentas de calor

Não é que a chapinha, o secador e o babyliss estejam terminantemente proibidos no seu dia a dia, nada disso! Mas é bom usá-los com parcimônia, pois essas ferramentas dilatam a cutícula do cabelo, levando embora toda a hidratação do fio. E, já que o cabelo está mais fraco por conta do processo químico, é bom pegar leve no uso — quando usar, não esqueça de aplicar um protetor térmico!

4. Prepare o bolso

Não precisa se assustar! Não vamos sugerir que você gaste rios de dinheiro para manter o seu cabelo, até porque existem ótimos produtos no mercado a um preço bem bacana. Mas, também não podemos dizer que os seus gastos com a saúde do cabelo não irão aumentar…

Além de procurar um bom profissional para realizar o procedimento — afinal, você não vai colocar suas madeixas na mão de qualquer um, não é mesmo? — alguns produtos precisarão entrar no seu radar: leave-in (que também oferece proteção solar), protetor térmico, matizador e máscaras de hidratação, nutrição e reconstrução.

5. A frequência de lavagens diminui

Quando lavamos o cabelo, estamos mandando embora a sujeira do dia a dia, mas também estamos abrindo as cutículas do cabelo. Essa é a função do shampoo: abrir as escamas para limpá-las e receber os nutrientes que virão das máscaras e condicionador.

Se você leu até aqui, já deve ter percebido que o melhor mesmo é manter as cutículas do cabelo seladinhas! Por isso, as lavagens devem ser mais espaçadas, para evitar o ressecamento dos fios e manter a oleosidade natural produzida pelo couro cabeludo protegendo a região.

E aí, bateu o martelo e vai mesmo ficar com os cabelos loiros? Simbora descolorir esses fios? Por ser um processo agressivo, muita gente faz cara feia para a descoloração e ninguém pode negar que, sim, ela danifica as madeixas, mas seguindo nossas dicas e cuidando com carinho e produtos certos, o resultado tem tudo para ser lindo!

E para ficar ainda mais informada sobre tudo o que precisa antes de ficar loira, dê uma olhadinha no nosso post Matizador x Desamarelador: veja como cada produto age no cabelo loiro. Boa leitura e sucesso com os novos fios!

 

cabelos loiros
cabelos loiros