O cabelo oleoso é um dos pesadelos da beleza capilar. Mulheres que sofrem com esse problema costumam reclamar da frequência com que tem que lavar as madeixas para combater a oleosidade. A verdade é que ninguém aguenta lavar os cabelos no começo do dia só para perceber, no fim da tarde, que eles parecem tão ou mais sujos do que antes.

Controlar a oleosidade capilar pode parecer um verdadeiro desafio, mas saiba que essa é uma tarefa menos difícil do que aparenta ser. O grande segredo está em cuidar do cabelo e, principalmente, em cuidar do jeito certo.

Por que dizemos isso? Porque é comum que mulheres com cabelo oleoso pensem que não precisam hidratar ou fazer tratamentos nos cabelos, e saibam que vocês não poderiam estar mais enganadas.

Mas calma, estamos aqui para te ajudar. Siga nossas dicas de amiga e veja seus cabelos recuperarem a saúde e a aparência de limpeza por mais tempo.

Por que o cabelo fica oleoso?

Se ao ouvir a palavra oleosidade você já torce o nariz, saiba que ela não é algo ruim. Quando em moderação, claro. Nossos fios precisam de um pouco de oleosidade para manter a hidratação ao longo do comprimento.

O problema, no entanto, é a oleosidade em excesso, que faz com que o cabelo oleoso tenha aquele aspecto seboso que tanto desagrada.

O cabelo oleoso pode ser causado por fatores genéticos, distúrbios hormonais, estresse ou maus hábitos, como má alimentação, ingestão de frituras e gorduras em excesso, lavar os fios com água muito quente, uso excessivo de produtos e uso de produtos que não são adequados para seu tipo de cabelo.

O uso de ferramentas de calor como secador e chapinha também pode causar excesso de oleosidade na raiz do cabelo.

Características do cabelo oleoso

Já ressaltamos que um pouco de oleosidade é bom e todo cabelo gosta, certo? As glândulas sebáceas do nosso couro cabeludo produzem esse sebo com o objetivo de proteger o fio contra agentes externos que possam ser nocivos, como o sol, vento, poluição etc.

O cabelo oleoso produz esse sebo em excesso, o que faz com que ele adquira aquela aparência de que, se espremermos os fios, teríamos óleo suficiente para fritar um ovo.

Além disso, esse tipo de cabelo também costuma ter mais facilidade de gerar caspas, já que o sebo natural em excesso faz com que o fio fique mais gorduroso.

E você já se perguntou por que existem pessoas que possuem o cabelo super oleoso e as pontas secas? (Talvez você mesma sofra com isso) Então, apesar de parecer desnecessária, o fio precisa dessa oleosidade para se manter hidratado e protegido, só que ela demora muito mais para chegar nas pontas ou, muitas vezes, nem chega.

Por isso, cuidar de cabelo oleoso significa achar uma forma de distribuir toda essa oleosidade por igual.

cabelo oleoso

Cuidados específicos para o cabelo oleoso

Sabe toda aquela lista que citamos ali em cima de possíveis causas do cabelo oleoso? Evite fazer cada um daqueles itens. Ou seja: água para lavar os cabelos só morna ou fria. Beba muita água e se alimente corretamente. Evite se estressar. Pratique esportes.  Use produtos adequados para seu tipo de cabelo e na quantidade indicada.

Essas dicas parecem óbvias, certo?

Então vamos agora para a polêmica: não negligencie a hidratação! Temos quase certeza que você fez cara feia ao ler isso e já se imaginou torcendo o cabelo para retirar o óleo até o fim dos dias, mas é por meio da hidratação que se torna possível distribuir a oleosidade natural dos fios, fazendo com que ela deixe de se concentrar na raiz.

Além disso, é importante se lembrar sempre de usar protetor térmico na hora de utilizar o secador ou a chapinha. Na hora de lavar, tenha atenção nos locais em que você aplica os produtos: shampoo vai na raiz, condicionador vai no comprimento, nunca o contrário. Resista também à tendência de esfregar os cabelos.

Outro ponto polêmico é a questão dos produtos à base de óleo. Eles não só podem como devem ser utilizados em cabelo oleoso, mas com moderação. Isso porque, ao aplicarmos óleo, nosso corpo percebe que não há a necessidade de fabricá-lo em excesso e, dessa forma, é possível combater a oleosidade.

Evite também pentear os cabelos em excesso e com muita agressividade, o que não somente contribui para a produção de mais óleo, mas também faz com que o fio quebre.

Ao fazer os cuidados certos para seu cabelo oleoso, tendo a atenção de escolher os produtos adequados, você verá que terá que lavar as madeixas menos vezes e que elas manterão o aspecto de limpas por mais tempo.

Se quiser saber como fazer uma hidratação específica para cabelo oleoso, veja nosso artigo. Bons cuidados capilares!