Só quem tem o cabelo oleoso sabe o quanto isso não só parece, mas também é muito ruim. Ninguém merece aquele aspecto de molhado, muitas vezes de sujo, mesmo se você lavou os cabelos há algumas horas atrás. Na maioria das vezes é um desafio manter os fios “normais”, sem parecer que estão sujos há alguns dias.

Mas você sabia que existem alguns hábitos e ações diárias que podem diminuir e até acabar com a oleosidade dos seus fios? Da lavagem à finalização e até sua rotina alimentar, vários fatores influenciam na oleosidade do seu cabelo! Veja o que evitar e diga adeus à oleosidade!

Porque os cabelos ficam oleosos?

A oleosidade capilar é causada pela produção de gordura das glândulas sebáceas do nosso couro cabeludo, que tem como objetivo proteger os nossos fios contra o sol, vento, poluição, etc.

O que geralmente acontece com quem tem cabelo oleoso, é a produção excessiva desse sebo, que pode ter dois motivos principais: o primeiro deles é o fator genético, pelo qual as pessoas com esse tipo de cabelo herdam essa característica. E o segundo é relacionado a problemas como estresse, distúrbios hormonais (principalmente durante a puberdade ou gravidez) e a má alimentação, com ingestão em excesso de frituras e gorduras.

Os 5 erros mais comuns de quem tem o cabelo oleoso

Não importa se você tem predisposição genética ou sofre com problemas hormonais e de estresse, a boa notícia é que dá para consertar e minimizar o aspecto oleoso dos fios. Abaixo, vamos listar 5 hábitos que causam a oleosidade do cabelo, e você, depois de conhecê-los, saberá como se prevenir.

1. Lavar os fios com água muito quente

A água quente é uma das principais vilãs de quem tem o cabelo oleoso. Ela gera  ressecamento no couro cabelo, causando o temível efeito rebote. Esse efeito ocorre quando o seu organismo passa a produzir mais sebo para suprir uma necessidade do seu couro cabeludo, fazendo com que seus fios fiquem mais oleosos do que já estavam.

Por isso, recomenda-se tomar banho com água morna a fria, evitando assim a produção extra de oleosidade nos fios.

2. Aplicar produtos na raiz

Outro grande erro de quem tem cabelo oleoso é aplicar produtos como condicionador, máscara e óleos próximos ao couro cabeludo. Este hábito acaba obstruindo os poros, e causando a produção de mais sebo. O ideal é passar esses tipos de produto ao longo do comprimento do cabelo, nunca na raiz.

Vale salientar que é muito importante enxaguar bem os fios depois da lavagem para não deixar nenhum resto de produto nos cabelos.

3. Alimentação irregular

Sabe aquela famosa frase “você é o que você come”? Pois bem, é a mais pura verdade, principalmente para quem tem cabelo oleoso. Por isso, evite alimentos como gorduras, frituras e açúcares, que, além de prejudicar sua saúde, também danifica seus fios, porque eles alteram o metabolismo do corpo e o funcionamento dos folículos capilares, aumentando a produção de sebo.

O consumo exagerado de alimentos com açúcar provocam uma redução da vitamina E no organismo, nutriente essencial para o crescimento dos fios. Já o consumo de alimentos como frituras, queijos e salgadinhos industrializados, ricos  em gordura, influenciam diretamente na maior produção de oleosidade no couro cabeludo.

Portanto fique mais atenta a sua alimentação. Sua saúde e seus cabelos agradecem!

4. Uso de produtos não apropriados para cabelo oleoso

Se você usa produtos específicos para hidratação ou que são indicados para cabelos ressecados, pare agora! Esses tipos de produto são ricos em óleos e o uso excessivo desses ingredientes na raiz pode deixá-las com aspecto oleoso, pesados e sem volume.

O ideal é escolher produtos adequados para o cabelo oleoso, principalmente aqueles que aumentam o volume ou a densidade dos fios, pois eles permitem uma limpeza profunda na raiz do cabelo, eliminando eficientemente todos os resíduos de gordura dos poros. E só faça uso de máscaras hidratantes regularmente se os seus cabelos estiverem realmente precisando.

5. Mexer demais no cabelo

Passar a mão regularmente no cabelo, seja quando está enrolando os cabelos nos dedos ou jogando ele de um lado para o outro, é um comportamento que estimula a produção de sebo e que acaba piorando a oleosidade. Isso porque, as sujeiras e gordura que temos acumulados nas mãos acabam passando para fios, dando aquele aspecto de sujo e oleoso.

Por isso, opte por usar uma piranha ou grampo para prender a franja, ou escolha usar o cabelo amarrado quando ele estiver te incomodando.

Se você possui alguns destes hábitos e sofre com oleosidade, é hora de parar! São hábitos comuns e muitas vezes nem percebemos, mas estamos o tempo todo prejudicando a boa saúde do nosso cabelo.

Quem sabe você não consegue resolver o seu problema de oleosidade com simples atitudes?

cabelo oleoso