ColoraçãoLoiro

Balaiagem: saiba o que é e qual é o tom certo para você

balayagembalayagem

É super comum que as mulheres pensem em dar uma iluminada nos fios, mas sintam certo receio de ficar algo exagerado demais, não é mesmo? Talvez você ainda não saiba, mas uma ótima alternativa é a balaiagem.

Talvez você ainda não saiba, mas uma ótima alternativa é a balaiagem, técnica pouca invasiva e com efeito super natural, parecendo que os fios foram clareados naturalmente pelo sol.  A balaiagem no cabelo já virou queridinha de muitas mulheres, vamos entender um pouco mais sobre essa técnica?

O que é balaiagem no cabelo?

Balaiagem é uma técnica de clareamento dos fios que deixa um aspecto bem natural. Trata-se, simplesmente, do tingimento dos fios através de mechas em todo o cabelo, desde a raiz, e em tons diferentes.

balaiagem
Antes e depois balaiagem – @jorgegermano

Vale dizer, ainda, que o termo balaiagem vem do francês balayage, que significa “varredura”. E é exatamente isso que a técnica faz: “varre o cabelo inteiro com outros tons de mecha”. Não pense que balaiagem é a mesma coisa que reflexos, luzes ou mechas. Ela é diferente dos reflexos, que são mechas mais marcadas e também das luzes, que são as mechas finíssimas feitas em um único tom. Em relação às mechas, os termos podem se confundir um pouco, mas as mechas, geralmente, são mais largas.

Como escolher o tom ideal para a sua balaiagem?

O grande segredo da balaiagem está na escolha dos tons certos para as mechas. Para peles claras, o ideal são tonalidades como cobre, marrom claro e mel. Já para as peles mais escuras e negras, os tons caramelo e canela são os que mais combinam, dando um look natural.

A dica mais importante para a sua balaiagem no cabelo é a seguinte: evite mais que dois tons mais claros que a cor natural dos fios, pois assim é garantido que o resultado não vai parecer artificial.
Como fazer balaiagem?

A melhor maneira de fazer a técnica no cabelo é consultar um colorista, que vai avaliar se o seu fio pode receber a química, quais são os tons ideais para o seu fio, entre outros. Mas para você que está curiosa em relação a como a técnica é feita, segue abaixo o passo a passo!

No procedimento é usado pó descolorante, água oxigenada, papel laminado especial para fazer balaiagem, coloração, pente e produtos de reconstrução dos fios para finalizar o procedimento.

1º Passo: É feito um teste de fio para saber se o seu cabelo está apto para o procedimento;
2º Passo: Caso o cabelo esteja apto, chegou a hora de analisar o fundo de clareamento dos fios e escolher as tonalidades que mais combinam com o seu fio;
3º Passo: Nesse momento serão escolhidos os tons das mechas;
4º Passo: Preparação das tinturas. Na maioria das vezes, uma possui a combinação de pó descolorante e água oxigenada e a outra, a coloração desejada;
5º Passo: O cabelo é dividido em cinco partes: duas laterais, duas atrás da cabeça e o topo;
6º Passo: Se inicia a aplicação na parte de trás da cabeça;
7º Passo: Pequenas mechas são separadas e costuradas para que a distribuição da tintura seja homogênea;
8º Passo: Nesta primeira mecha é recomendado que se use a tintura com pó descolorante;
9º Passo: Separe outra mecha e isole-a;
10º Passo: Separe uma nova mecha, costure e, desta vez, aplique a coloração desejada para a segunda cor;
11º Passo: Repita esse procedimento por todas as partes do cabelo;
12º Passo: Espere o tempo para a coloração agir;
13º Passo: Enxágüe os fios, retirando completamente o produto;
14º Passo: Reconstrua os fios, repondo os nutrientes e hidratando o cabelo.

Cuidados após a balaiagem

Embora, a balaiagem agrida menos os fios do que outros procedimentos, é necessário lembrar que todos os procedimentos químicos danificam o cabelo. No caso da balaiagem, alguns cuidados após a técnica devem ser seguidos, para que os fios fiquem sedosos e brilhantes.

1. Hidrate bem os fios pelo menos uma vez por semana. Uma boa dica é procurar por produtos que contenham ceramidas, lipídeos, aloe vera e ácidos graxos em sua composição;

2.Faça a reconstrução dos fios a cada 15 dias;

3.Não se esqueça de usar protetor solar para o cabelo sempre que sair de casa;

4.Evite fazer outros procedimentos químicos, como alisamentos, logo após a balaiagem, pois pode provocar ressecamento dos fios e até mesmo queda;

5.Retoque a raiz a cada três meses ou quando ela começar a aparecer.

Samira Chalom
the authorSamira Chalom
Carioca, jornalista e redatora. Como vive na praia, está sempre em busca de tratamentos capilares para que os seus fios fiquem hidratados, mas sem perder a leveza. Gosta mesmo é de testar novos produtos e está sempre em busca de novidades e lançamentos da área.
>